Marco Regadas Saúde

A importância do treino de força

Marco Regadas
Escrito por: Marco Regadas

Por Marco Regadas – Muitos já ouviram falar que se um corredor de longa distância fizer exercícios de força, o rendimento dele irá cair. Estudos atuais apontam que esta frase está completamente desatualizada e que o treinamento de força é de extrema importância para corredores de longa distância para evitar lesões e deixar a musculatura mais resistente para várias repetições de um mesmo movimento durante a corrida.

Por definição, o conceito de Força é a capacidade de se vencer uma resistência, através de movimentos gerados a partir de contrações, alongamentos e tensões musculares. A partir daí, já é possível citar os 3 tipos de força mais comuns para a execução de um treinamento físico. A Força Concêntrica é aquela que os movimentos são realizados contra a gravidade, resultando numa diminuição do tamanho muscular, que caracterizam os movimentos de contração muscular. Ao contrário desta força Concêntrica, a Força Excêntrica é caracterizada por ser a favor da gravidade, que aumentam o tamanho do músculo, tornando-os mais alongados. Além das forças Concêntricas e Excêntricas, realizadas de maneira dinâmica com trabalhos constantes de ossos, tendões e articulações em conjunto com os músculos, temos também a Força Isométrica, onde não há movimento e o músculo é trabalhado desta maneira devido às tensões musculares.

Cientes da definição de Força e dos tipos dela, podemos utilizá-la para a melhora do desempenho físico de qualquer modalidade. É possível direcionar o treinamento de Força de acordo com a análise das características de cada atividade física, sabendo qual a duração do esforço, a intensidade necessária e se há um tempo necessário para intervalo entre um esforço e outro.

Se a atividade tem durações prolongadas com cargas reduzidas e intervalos praticamente nulos, podemos dizer que o objetivo da pessoa ou do atleta é de Resistência de Força. Maratonistas, triatletas, nadadores de longas distâncias necessitam deste método de força para que os músculos suportem os longos períodos de esforço com chances mínimas de aparecer lesões.

Para o aumento do tamanho muscular, o método de treinamento de Hipertrofia é caracterizado por cargas elevadas em curtas durações e intervalos maiores. Este método é muito comum nas academias.

Com a ajuda da Velocidade, o terceiro método de treinamento de força é a Potência. Este método é caracterizado por durações curtíssimas e pela utilização da maior força possível que possa ser utilizada em velocidade máxima. Para atividades que exigem velocidade, como os 100m rasos no Atletismo e os 50m livre na Natação, este é o melhor método de treinamento de Força.

Diante dos tipos e métodos de força citados acima, é possível afirmar que todas as modalidades necessitam de treinamento de força para que o desempenho seja satisfatório. O que vai mudar de uma atividade para outra é se esta será realizada em movimento ou estática, o quanto de carga utilizada e em quanto tempo os movimentos serão realizados. Assim procure sempre a orientação de um profissional de educação física devidamente qualificado e certificado, para que o mesmo possa lhe ajudar da forma correta e segura, para o melhor desempenho do seu treino.

Imagens: Reprodução

Sobre o autor

Marco Regadas

Marco Regadas

Marco Regadas – Personal Trainer – Pós-graduado em Musculação e Personal pela Fefiso, certificado pelo CORE 360º, sócio proprietário da 4Life Treinamento Funcional.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: