Z1 Cidades

Salto: Família doa órgãos de funcionário de transportadora morto após roubo

Redação
Escrito por: Redação
Anderson Terto de Souza foi baleado na cabeça durante assalto na transportadora que trabalhava. Policiais e guardas prenderam dois suspeitos do crime; caso continua sendo investigado.

Os órgãos de Anderson Terto de Souza, de 30 anos, morto após ser baleado na cabeça durante um assalto, em Salto (SP), foram doados pela família e transportados pelo helicóptero Águia da Polícia Militar nesta sexta-feira (12).

De acordo com o Hospital São Camilo, Anderson, que era funcionário de uma transportadora, teve morte encefálica confirmada nesta quinta-feira (11).

Ainda conforme a instituição, foram captados o coração, fígado, rins e córneas, que serão distribuídos pela Central de Transplantes segundo compatibilidade e fila de espera pelos órgãos.

O helicóptero Águia foi o responsável pelo transporte dos órgãos até a Santa Casa de Itu, hospital referência em âmbito regional em contribuir com o processo de doação para transplantes. Os horários do velório e enterro de Anderson não foram divulgados.

Baleado em assalto

Anderson foi baleado na cabeça durante um assalto no bairro Celani, em Salto (SP), na terça-feira (9). O rapaz morreu no começo da noite desta quinta-feira (11).

Familiares e amigos de Anderson Terto de Souza compartilharam a informação da morte da vítima em uma rede social com textos e mensagens de apoio à família. O rapaz foi socorrido em estado grave pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

No entanto, durante a tarde desta quinta-feira (11) um dos suspeitos foi detido por equipes da Guarda Civil Municipal e da Polícia Civil após identificarem o veículo usado no crime por meio de câmeras de segurança. O carro estava dentro de uma casa no Jardim Nair Maria. Não havia ninguém no local.

As equipes entraram na residência e acharam 85 porções de drogas e uma balança de precisão. O suspeito, de 21 anos, decidiu se entregar na delegacia da cidade após conversar por telefone com um dos guardas da equipe.

Ele confessou a participação no roubo e disse ser responsável apenas pelas drogas. Em Itu (SP), outro suspeito foi detido pela Polícia Militar com porções de drogas e foi apresentado na delegacia. O caso continua sendo investigado.

Imagem: Reprodução Facebbok

Com informações do G1

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: