Saúde e Bem Estar

10 chás para gordura no fígado

Redação
Escrito por: Redação

Você já deve ter ouvido falar em gordura no fígado, certo? Na leitura desse artigo você vai conhecer 10 chás para gordura no fígado que podem ser preparados a partir da utilização de ingredientes naturais.

O fígado é o órgão responsável pela desintoxicação do corpo. É ele que atua para eliminar substâncias que podem atrapalhar o bom funcionamento do mesmo causado pela ingestão de alimentos e medicamentos.

Ele também metaboliza o colesterol presente no sistema e é produtor da bile responsável por digerir os alimentos no estômago. Daí já se pode ter noção do quanto esse órgão é importante para o bom funcionamento do corpo.

Dependendo da forma com que o paciente leve a sua rotina alimentar, o problema pode ser agravado, por isso, não dispense a possibilidade de recorrer ao médico para saber mais sobre o problema e iniciar um tratamento.

10 chás para tratar fígado gorduroso

Recorrer aos ingredientes naturais é sempre uma boa solução para tratar determinados problemas de saúde. Com a gordura no fígado não haveria de ser diferente. Veja quais são os 10 chás mais indicados para o problema:

  • Chá de cebola
  • Chá de chapéu de couro
  • Chá de carqueja
  • Chá de alface
  • Chá de boldo e hortelã
  • Chá de alcachofra
  • Chá de sementes de erva-doce
  • Chá de casca de limão
  • Chá de cardo-mariano
  • Chá de vagem de pau-ferro

Receitas de chás para gordura no fígado

A partir de agora, você terá oportunidade de conhecer algumas ervas e ingredientes que podem ser usados no tratamento do fígado gorduroso. Preste atenção nas indicações e no detalhamento da receita:

1- Chá de cebola

A cebola é um ingrediente que ajuda a derreter a gordura do fígado. Além do mais, ela diminui o colesterol ruim e aumenta o bom colesterol. O ingrediente também combate outras infecções que aparecem no corpo.

O chá de cebola consegue tratar gordura no fígado

Esse chá consegue derreter a gordura do fígado (Foto: depositphotos)

Para preparar o chá de cebola você vai precisar colocar 1 litro de água para ferver. Na sequência, adicione 4 cebolas médias cortadas. Deixe ferver por cinco minutos, desligando o fogo em seguir. Deixe descansar por 10 minutos e ingira.

2- Chá de chapéu de couro

A erva conhecida por chapéu de couro também é conhecida por erva do brejo ou erva do pântano. Na medicina natural, ela pode ser utilizada para tratar problemas relacionados ao fígado.

O chá de chapéu de couro consegue tratar gordura no fígado

Esse chá é muito indicado para problemas relacionados ao fígado (Foto: depositphotos)

No preparo do chá, você vai utilizar 1 litro de água. Assim que atingir o ponto de ebulição, desligue o fogo e acrescente 20 gramas de chapéu de couro. Deixe descansar por 10 minutos e o chá está pronto para ser ingerido.

Veja também: Gordura no fígado: qual a dieta indicada

3- Chá de carqueja

A carqueja é uma erva medicinal que está relacionada ao tratamento de problemas no fígado, o que inclui também a gordura. Ela auxilia na digestão dos alimentos, além de outros benefícios.

O chá de carqueja consegue tratar gordura no fígado

O chá de carqueja combate a gordura no fígado e melhora seu funcionamento (Foto: depositphotos)

Para preparar esse chá, basta colocar 200 ml de água para ferver. Desligue o fogo quando entrar em ebulição e acrescente 1 colher (de sopa) da erva. Deixe descansar por cinco minutos e ingira sem adoçar.

4- Chá de alface

O poder da alface no tratamento relacionado a gordura no fígado vem de uma substância presente no ingrediente conhecida por clorofilina. Além de auxiliar no tratamento, o chá de alface também ajuda a proteger o fígado e estômago.

O chá de alface consegue tratar gordura no fígado

O chá de alface ajuda a proteger o fígado (Foto: depositphotos)

No preparo desse chá, você vai precisar de 1 litro de água e 80 gramas de alface. Coloque a água para ferver, desligando assim que entrar em ebulição. Adicione a alface e deixe descansar por cinco minutos antes de ingerir.

5- Chá de boldo e hortelã

Juntas, essas duas substâncias estimulam a eliminação das gorduras que ficam retidas no tecido hepático. Fora isso, as substâncias possuem poderes anti-inflamatórias e antioxidantes, que acabam evitando uma série de outras doenças.

O chá de boldo com hortelã consegue tratar gordura no fígado

O boldo e o hortelã juntos conseguem eliminar a gordura retida no fígado (Foto: depositphotos)

Para prepara a receita, coloque 250 ml de água para ferver. Ao atingir o ponto de ebulição, adicione 1 colher (de chá) de hortelã e 1 colher (de chá) de boldo. Deixe ferver por dois minutos. Desligue o fogo e deixe descansar por 10 minutos.

6- Chá de alcachofra

Na lista dos medicamentos naturais para tratar gordura no fígado, a alcachofra é um dos mais recomendados. Devido a grande quantidade de fibras naturais, a alcachofra promove a limpeza desse órgão e evita o acúmulo de lipídios nos tecidos do mesmo.

O chá de alcachofra consegue tratar gordura no fígado

A alcachofra evita o acúmulo de lipídios nos tecidos do fígado (Foto: depositphotos)

O chá é facilmente preparado a partir da utilização de 750 ml de água. Coloque a água para ferver e acrescente 1 alcachofra em pedaços. Deixe cozinhar por três minutos, desligue o fogo e espere esfriar.

Veja também: Frutas que ajudam em casos de gordura no fígado

7- Chá de sementes de erva-doce

As sementes de erva-doce são ricas em substâncias anti-inflamatórias e antioxidantes. Além do mais, o ingrediente também possui ativos naturais que ajudam a diminuir o acúmulo de lipídios.

O chá de semente de erva doce consegue tratar gordura no fígado

As sementes de erva-doce são ricas em substâncias anti-inflamatórias (Foto: depositphotos)

Para preparar o chá você vai precisar de 250 ml de água e 1 colher (de chá) de sementes de erva-doce. Coloque a água para ferver e logo em seguida acrescente as sementes de erva-doce. Deixe descansar por 10 minutos e remova as sementes.

8- Chá de casca de limão

Além de facilitar a digestão, as fibras naturais existentes na casca do limão são ideais para combater o acúmulo de gordura no fígado. Fora isso, ela também elimina o acúmulo de toxinas nocivas.

O chá de casca de limão consegue tratar gordura no fígado

Esse chá consegue eliminar o acúmulo de toxinas nocivas no fígado (Foto: depositphotos)

No preparo do chá você vai colocar 250 ml de água para ferver. Assim que atingir o ponto de ebulição, desligue o fogo e acrescente a casca de 1 limão. Deixe descansar por 10 minutos, coe e ingira sem adoçar.

9- Chá de cardo-mariano

O cardo-mariano é conhecido por conter propriedades adstringentes, que facilita a digestão e estimula o apetite. Além de combater a gordura no fígado, o chá preparado com essa erva ajuda a tratar os sintomas da doença, como o enjoo e vômitos.

O chá de cardo-mariano consegue tratar gordura no fígado

O chá de cardo-mariano ajuda a tratar os sintomas da gordura no fígado (Foto: depositphotos)

Para preparar o chá você vai colocar 200 ml de água para ferver, seguido de 2 colheres (de chá) de sementes de cardo-mariano. Deixe repousar por 10 minutos, coe e ingira em seguida. Não é recomendado o uso de adoçante, açúcar ou mel.

10- Chá de vagem de pau-ferro

A vagem de pau-ferro possui propriedades que podem ser usadas para combater o acúmulo de gordura no fígado. Além do mais, os pacientes podem ter agregado junto a esse benefício a possibilidade de prevenir os sintomas causados pela doença.

O chá de vargem de pau ferro consegue tratar gordura no fígado

Esse chá ajuda a combater o acúmulo de gordura no fígado (Foto: Reprodução | Tingimento Natural)

Para o preparo da infusão da vagem de pau-ferro é preciso amassar 3 vagense deixá-las de molho em 1 litro de água por um período de três dias. Passado esse tempo, o consumo da bebida pode começar, sendo em até duas doses diárias.

Como se elimina gordura do fígado?

É importante que você saiba que não existe uma forma específica para tratar os casos de gordura no fígado. Porém, o problema tem cura, apenas sendo necessário que o paciente passe a incorporar hábitos saudáveis no seu dia a dia.

O cuidado com a alimentação é o primeiro deles, seguido da inclusão de atividades físicas regulares. Dependendo da gravidade do problema, na consulta médica, alguns medicamentos podem ser prescritos.

Veja tambémGordura no fígado: Como tratar em casa

Ao identificar alguns dos sintomas relacionados ao problema, a primeira providência é recorrer ao médico. Por isso é tão importante que o paciente passe por uma avaliação médica para que os reais motivos sejam diagnosticados.

Na lista de motivos para o desenvolvimento do problema, alguns fatores são levados em consideração: má alimentação, ingestão de alimentos ricos em gorduras e, consumo indiscriminado de álcool.

O desenvolvimento de doenças como hepatite, diabetes e a obesidade também pode estar diretamente relacionado a incidência de gordura no fígado. É importante destacar que essa condição pode prejudicar o funcionamento do mesmo.

Sintomas de gordura no fígado

Dependendo do grau de gordura no fígado apresentado pelos pacientes, alguns sintomas podem ajudar a denunciar a doença. Por isso é bom ficar atento para, aos primeiros sinais, procurar um médico.

Nos casos mais comuns, os pacientes apresentam tontura, enjoos seguidos de vômitos, dores de cabeça constantes, inchaço na região abdominal, falta de apetite e dores abdominais do lado direito do corpo.

Outro sintoma que também denuncia a doença é a pigmentação amarelada da pele e olhos.

Remédios caseiros para esse problema emagrecem?

O tratamento para os casos de gordura no fígado tem como objetivo evitar que a doença piore. Porém, como o paciente tem de incorporar hábitos saudáveis no dia, é possível que ele perca peso sim.

Na maioria dos casos, ao menos nos remédios caseiros recomendados nesse post, o uso de ingredientes naturais responde pela sua totalidade. Também é recomendado que o paciente aumente a ingestão de frutas e alimentos mais saudáveis.

Também é recomendado a exclusão de alimentos gordurosos, frituras, bebida alcoólica, embutidos e mais uma lista de alimentos prejudiciais, a exemplo de queijo amarelo, requeijão, chocolate, entre outros.

Gordura no fígado grau 2, o que significa?

Dependendo da quantidade de gordura presente no fígado, a doença pode ser classificada em diferentes graus. No grau 2, a doença é classificada em nível intermediário, entre a versão menos grave e a mais grave.

Veja os graus de classificação da gordura no fígado de forma mais detalhada:

Grau 1

Para os pacientes classificados nessa fase, os sintomas são inexistentes. Como a variação nos níveis de gordura, através de adequações na alimentação e a prática de exercícios físicos é possível fazer com que o fígado volte a ser saudável.

Grau 2

Diferente do grau anteriormente descrito, no grau 2, os pacientes já começam a apresentar sintomas que identificam que o fígado está com gordura. Oinchaço da barriga, dores abdominais ou fezes brancas são os mais comuns.

Quando o acúmulo de gordura é causado pelo consumo excessivo de álcool, a cura pode ser um pouco mais complicada, já que a força de vontade do paciente em largar o consumo da bebida é fator determinante.

Veja tambémGordura no fígado: Sintomas e tratamentos caseiros

Grau 3

Como já era de se esperar, esse grau de gordura no fígado é considerado o mais grave. Em muitos casos, a doença evolui para esteato-hepatite, uma inflamação no fígado causada pelo grande acúmulo de gordura.

Dependendo da gravidade, o paciente pode apresentar fibroses, além de ter a capacidade do órgão reduzida. Em muitos casos, o órgão fica até ineficiente, causando a cirrose. Neste estágio, a doença é extremamente perigosa.

É necessário fazer alguma dieta?

Essa é uma resposta que vai depender da condição de cada paciente e do grau da doença. Na maioria dos casos, a dieta se faz mais do que necessária, justamente pelo problema ter surgido através de outra condição, como a obesidade, por exemplo.

Vale ressaltar que as dietas realizadas sem orientação médica pode fazer com que a gordura no fígado persista, mesmo com a perda de peso. Em casos em que essa perda de peso acontece de forma rápida, o fígado pode continuar com gordura.

O uso de medicamentos também pode ser o causador do problema. Entre os mais comuns, destaque para tetraciclina, um antibiótico, estrógenos, que são hormônios, e antirretrovirais de alta eficácia, como os usados no tratamento de HIV.

Para tratar a gordura no fígado

Mediante tudo que foi apresentado até agora, já deu para perceber que a auto medicação e a falta de cuidado com a saúde podem ser fatores imprescindíveis para que o fígado sofra com o acúmulo de gordura.

Recorrer aos chás que foram descritos aqui é uma solução bem viável para ajudar no tratamento do problema, porém, não é o suficiente. Mesmo se tratando de substâncias naturais, elas precisam ser supervisionadas pelo médico. Com informações do Remédio Caseiro/R7

Imagem de capa:reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: