Indaiatuba

Alvo de reclamação, obra na Santos Dumont vai até outubro

Redação
Escrito por: Redação
A obra envolvendo as regiões de Indaiatuba, Itu e Sorocaba tem prazo final estipulado para o final de fevereiro de 2019.

As obras de recuperação do asfalto que interditam a Rodovia Santos Dumont na região de Campinas geram reclamações entre moradores, comerciantes e motoristas. A concessionária prevê a conclusão nesse trecho para outubro.

A região mais afetada, segundo os usuários, fica entre os bairros Jardim Itatinga e Parque Oziel. O principal motivo das críticas é a realização dos trabalhos durante o dia, situação que congestiona ainda mais o tráfego carregado na via.

Cléo Pereira mora no Jardim São José e diz que o panorama é pior nos horários de pico, no início da manhã e no final da tarde. Com isso, quem precisa ir ao trabalho nas primeiras horas do dia, por exemplo, precisa acordar mais cedo.

Gérson Antunes trabalha em um comércio da Rua Anton Von Zuben, que passa ao lado da pista que segue para Campinas, na altura do Jardim das Bandeiras. Ele vê o problema todos os dias e afirma que o acesso à via requer paciência.

Questionado sobre os horários escolhidos para a execução das obras, o gerente de engenharia da concessionária AB Colinas, André Luchesi, justifica que parte do serviço no asfalto precisa ser feita no período diurno por razões técnicas.

Além disso, ele explica que toda a programação da empresa responsável pela rodovia é previamente combinada com a Polícia Militar Rodoviária para que os trabalhos de recapeamento ocorram sem prejudicar ainda mais o tráfego.

A obra envolvendo as regiões de Indaiatuba, Itu e Sorocaba tem prazo final estipulado para o final de fevereiro de 2019. O trecho entre o Aeroporto de Viracopos e a entrada de Campinas, porém, deve acabar em meados de outubro. Com informações da CBN

imagem de capa: reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: