Anthony Davis assume culpa por derrota do Lakers em Phoenix

O Los Angeles Lakers iniciou o desafio de defender o título da NBA nos playoffs com um “compreensível” resultado negativo: sem mando de quadra, o time foi superado pelo Phoenix Suns na abertura da série melhor-de-sete do Oeste.

Reprodução

E um dos astros admite que o placar passou decisivamente por sua atuação. Com a sua apática performance, o craque Anthony Davis assumiu a culpa pela estreia com derrota do Lakers.

“Não existe qualquer chance de vencermos uma partida, para não dizer a série como um todo, com a forma como eu joguei hoje. Então, vamos ser realistas, a culpa foi minha. O resultado é, sem dúvidas, de minha total responsabilidade. Nós temos que ser melhores no próximo jogo, sim. E, em especial, eu tenho que ser melhor”, reconheceu o ala-pivô, que registrou apenas 13 pontos, sete rebotes e três tocos no revés por 99 a 90.

Davis errou 11 dos 16 arremessos que tentou ao longo da tarde e a equipe foi superada por 18 pontos pelos adversários – a pior marca do elenco dos atuais campeões – nos 39 minutos em que ele ficou em quadra. Foi um desempenho realmente desastroso no fim das contas, que o astro justificou com a indisposição em atrapalhar o ritmo ofensivo do time (que começou o jogo vencendo por 15 a 10) em um bom início de partida.

“Geralmente, eu entro em quadra com uma postura dominante. Acho que hoje, porém, começamos bem e deixei-me sair do ritmo do jogo. Me perdi dentro da nossa ofensiva, mas ainda tenho que encontrar maneiras de ser assertivo e receber a bola. Tenho que participar do nosso ataque e fazer mais jogadas. Então, como disse, a culpa é minha”, reforçou o veterano, que obteve média de quase 22 pontos na temporada regular.

Os torcedores do Lakers, no entanto, têm motivos para ficar otimista sobre Davis. Nos últimos playoffs, ele registrou somente três atuações abaixo de 50% de conversão nos arremessos de quadra na campanha até o título da equipe. O jogador de 28 anos teve médias de quase 32 pontos e 57% de aproveitamento nos tiros tentados nas partidas que seguiram essas “más” performances, com duas vitórias para os angelinos.

“Eu adoro quando Anthony aceitar estar sob pressão, mas todos podemos ser melhores. E nós sabemos que somos melhores quando ele é agressivo, pede a bola e faz jogadas. Todas as vezes em que ele saiu de quadra com o discurso de hoje, deu uma resposta à altura logo em seguida. Então, eu estou ansioso por isso. Quando Anthony for Anthony, nós seremos o verdadeiro Lakers”, assegurou o quatro vezes MVP da liga.

O Lakers retorna à quadra buscando recuperação, na segunda partida da série contra o Suns, nessa terça-feira. E Davis garante que o torcedor pode esperar uma atuação bem diferente de sua parte. “Eu não estou preocupado com a minha performance, pois tenho consciência do que ocorreu hoje e não vai acontecer novamente. Sei que serei melhor. Sei que vamos melhorar para o jogo 2”, sentenciou um dos líderes do campeão.

responsivevoice_button voice=”Brazilian Portuguese Female”]