Ciência e Tecnologia

Brasileiro ajuda na descoberta da radiogaláxia mais distante da Terra

Redação
Escrito por: Redação
Saiba mais sobre o fenômeno batizado de TGSS J1530+1049.

Um brasileiro participou da descoberta da radiogaláxia mais distante da Terra, que está a 12,4 bilhões de anos-luz de distância do nosso planeta. O estudante Murilo Marinello, do Observatório Nacional, assinou o estudo junto com o aluno de doutorado Aayush Saxena, do Observatório de Leiden, na Holanda. A pesquisa foi divulgada neste mês na publicação especializada “Monthly Notices of the Royal Astronomical Society”.

Há um grande buraco negro de alta rotação no centro de radiogaláxias, que emite quantidades monstruosas de radiação nas ondas de rádio do espectro eletromagnético. De acordo com a BBC, a descoberta da TGSS J1530+1049 é importante para que cientistas saibam um pouco mais sobre a formação de galáxias e seus buracos negros logo após o Big Bang.

Marinello participou do estudo durante um estágio na Holanda, que foi proporcionado pelo projeto Jovem Cientista do Nosso Estado da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj).

Notícias ao Minuto

“Minha pesquisa é voltada para entender como as galáxias ativas funcionam e seu papel no universo”, diz Marinello. “Esse tipo difere das normais por possuírem um brilho extraordinário, o qual não pode ser atribuído apenas ao das estrelas que o compõem”, completa.

Imagem capa: Reprodução

Com informações do Notícias ao Minuto

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: