Z1 Cidades

Campinas: Dupla é presa por morte de motorista de Uber

Redação
Escrito por: Redação

Dois homens foram presos em Campinas nesta segunda-feira por participação no assassinato do motorista de Uber Amarildo Suffi.  A Delegacia de Investigações Gerais da cidade trata o caso como latrocínio e procura ainda mais dois homens que estariam no carro.

Um dos detidos acionou a vítima via aplicativo. O outro forneceu a arma que matou o homem de 52 anos na noite do último dia 4. De acordo com o delegado titular da DIG, José Carlos Fernandes, ambos negam ter atirado. Ao todo, foram levados R$ 170 do condutor.

A Polícia Civil chegou aos dois bandidos nesta segunda-feira após uma ocorrência de briga atendida pela Guarda Municipal no centro. Ao ser ouvido pelas equipes da GM, um dos envolvidos na confusão disse saber que os autores do latrocínio estavam em uma pensão.

No local, quatro pessoas foram detidas. Todas foram encaminhadas à DIG, onde dois deles confessaram que estavam no carro de Amarildo. Após aceitar a corrida, Amarildo Suffi foi encontrado morto com um tiro na cabeça no Jardim Satélite Íris III, no distrito do Ouro Verde.

O veículo que ele dirigia foi localizado a alguns quarteirões de distância. As investigações, buscas e diligências continuam na cidade. A DIG deve ouvir mais pessoas e testemunhas. Enquanto isso, o pedido de prisão temporária dos dois detidos já foi feito.

Com informações da CBN
Imagem de capa: reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: