Z1 Cidades

Campinas: Perícia deve esclarecer causas de acidente que matou três pessoas da mesma família na BR-050

Redação
Escrito por: Redação

Apenas o trabalho de perícia da Polícia Civil é que deverá esclarecer o que ocorreu para que o motorista Alessandro Monare, 37, perdesse o controle do carro que dirigia e capotasse, no último domingo, na rodovia BR-050, no trecho entre as cidades mineiras de Uberlândia e Araguari. Ele, a esposa e um filho morreram no local. Outro filho de seis anos acabou sobrevivendo.

Eles voltavam de Caldas Novas para Campinas depois de comemorarem o aniversário da esposa na cidade goiana.

O Diretor de Comunicação da Concessionária de Rodovias Minas Gerais S/A, Sérgio Lucas, comentou que o trecho que ocorreu o acidente é uma reta e que não chovia no momento.

Ele explicou que, depois de perder o controle do carro, por motivos ainda a serem apurados, o veículo capotou e caiu em uma vala de cerca de três metros de profundidade às margens da rodovia.

O representante da concessionária comentou que o menino estava desnutrido e em estado de choque. Já no hospital, a informação é de que o quadro dele é estável.

O Diretor de Comunicação da Concessionária que administra a rodovia disse também que a perícia deverá esclarecer mas que o uso da cadeirinha pode ter colaborado para que o caçula da família, Benjamin, sobrevivesse.

Alessandro Monare era pastor da Igreja Batista Vista Alegre, no bairro Jd. Vista Alegre, em Campinas, há seis anos. A esposa tinha acabado de completar 35 anos e o filho mais velho, Samuel, tinha 8 anos de idade. Com informações da CBN

Imagem: reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: