Campinas: Visitantes quebram jaula e adolescente entra para separar animais que brigavam em zoológico

Vidro foi danificado e jovem de 15 anos entrou no recinto para retirar umas das irarás no Bosque dos Jequitibás, segundo visitante. Prefeitura orienta que pessoas não devem ter contato com os animais.

Irará aos cuidados de populares no Bosque dos jequitibás, em Campinas (SP) — Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Um grupo de 10 visitantes quebrou o vidro de uma jaula para separar um casal de irarás que brigava no Parque Bosque dos Jequitibás, em Campinas (SP) na tarde desta sexta-feira (21). Uma pessoa que estava no local relatou que um dos animais, que tinha dificuldade para andar, foi atacado pelo outro.

A visitante afirmou que o grupo tentou contato com a administração interna do bosque para evitar que uma da irarás ficasse ferida, mas ninguém foi encontrado. Eles usaram uma pedra para quebrar o vidro. Um adolescente de 15 anos entrou na jaula para separar os animais.

A pessoa afirmou também que, além da dificuldade em andar, o animal parecia ser cego de um olho. O irará agredido não apresentava ferimentos visíveis. “Foi uma ação de emergência. Se a gente não tivesse agido teria acontecido o pior”, disse.

Jaula de Irarás danificada após ação de visitantes do Bosque Jequitibás, em Campinas (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

Jaula de Irarás danificada após ação de visitantes do Bosque Jequitibás, em Campinas (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

Com o vidro danificado, um dos colaboradores do parque vigiou para que o outro animal, sem deficiência, fugisse do local.

A prefeitura

A prefeitura informou, em nota, que o veterinário do Bosque separou os animais, que estavam juntos no recinto havia três semanas – e prestou atendimento médico a ambos.

Ainda de acordo com a administração, os animais não deverão ficar mais juntos e o vidro será reparado neste final de semana.