CEO da Fórmula E projeta final de temporada acirrada em Berlim

Menos de 30 pontos separam os seis pilotos que lideram a classificação do campeonato.
Nove dias, seis corridas, três pistas, um campeão. No início de 2020, não tínhamos ideia de que uma pandemia global atingiria a sexta temporada do Campeonato ABB FIA Fórmula E, culminando no final mais intenso de temporada na história do automobilismo. Fiel às corridas competitivas que levaram a categoria a se tornar conhecida, no confronto de seis rodadas em Berlim, menos de 30 pontos separam os seis pilotos que lideram a classificação do campeonato – o mesmo número em disputa por rodada na capital alemã.
Tudo será disputado entre os dias 5 e 13 de agosto. O piloto português da DS TECHEETAH Antonio Felix da Costa é o atual líder da competição de carros elétricos, apenas 11 pontos à frente do seu rival, o neozelandês Mitch Evans, da Panasonic Jaguar Racing.
O primeiro entre os três pilotos brasileiros é o campeão da terceira temporada da Fórmula E e piloto da Audi Sport ABT Schaeffler, Lucas di Grassi, apenas 29 pontos atrás de Da Costa e com uma boa margem sobre a lenda do automobilismo Felipe Massa, da ROKiT Venturi Racing e do recém-chegado na Fórmula E Sergio Sette Camara, da GEOX DRAGON.
Lado a lado com Di Grassi na quinta posição na tabela de classificação está o belga Stoffel Vandoorne que, durante o intervalo da temporada, foi o vencedor do Desafio Race at Home com a Mercedes-Benz EQ, superando o resto do grid real na competição virtual realizada em apoio à UNICEF. Enquanto nossos carros de Fórmula E permaneceram parados, realizamos oito semanas de arrecadação de fundos durante as corridas virtuais para projetos que mantêm crianças em todo o mundo seguras, saudáveis e aprendendo. Aumentamos nosso Driver Grid e integramos o mundo real aos jogos, criamos um Challenge Grid composto por jogadores e influenciadores que lutaram para ganhar uma oportunidade de guiar um carro real de Fórmula E.
Estou orgulhoso da determinação da equipe da Fórmula E em trabalhar no final da temporada com portões fechados para nos levar de volta às corridas e divertir os fãs do esporte da maneira mais segura possível. Felizmente, nos beneficiamos da orientação dos especialistas que colocaram a Bundesliga de volta às nossas telas em maio.
Nenhuma das restrições impediu a equipe da Fórmula E, sob a orientação da FIA, de preparar uma temporada empolgante, com o nosso layout de pista tripla inédita no automobilismo e com a garantia de agitar as coisas em cada uma das três rodadas duplas.
É importante ressaltar que, para nós, as corridas em Berlim representam mais do que o esporte no seu melhor. Recentemente, lançamos uma carta aberta à nossa comunidade, nossa indústria e nossos fãs, declarando nossa intenção #PositivelyCharged de ‘voltarmos melhores’.
Na Fórmula E, nos orgulhamos de ser motivados por nosso objetivo fundamental de combater os efeitos das mudanças climáticas, acelerando a adoção de veículos elétricos. Estamos comprometidos em criar um ambiente inclusivo, acolhedor e acessível para todos.
Quando nos dirigimos a Berlim, parece oportuno renovar nosso compromisso de entregar um futuro melhor através das corridas e lembrar ao mundo que estamos unidos contra a discriminação de qualquer forma.
Revelaremos mais sobre nossos planos #PositivelyCharged durante a cobertura da espetacular final da temporada na FOX Sports 2. Não perca.
Com informações do Lance
responsivevoice_button voice=”Brazilian Portuguese Female”]