Entretenimento

Cinco anos depois, protestos de 2013 viram tema de mostra

Redação
Escrito por: Redação

�Não é só pelos 20 centavos” ecoou por estados, cidades e bairros brasileiros. A mobilização de milhares nas manifestações do mês de junho do ano de 2013 foi atípico no país. Despertou em muitos o desejo por ocupar as ruas e reivindicar pautas diversas, empreendendo esperança por outro Brasil. A rua foi de todos: esquerdas e direitas. Gritos confusos, semelhantes e divergentes.

O gigante nunca dormiu? Ocupar? Vândalos? Eram só vinte centavos? É festa ou manifestação? Ainda é cedo para uma crítica madura e para encontrar respostas para essas perguntas. Porém, esta mostra se propõe a apresentar olhares, a despertar conversas e encontros a partir de fotografias, performances, pinturas, vídeos, móveis, fantasias, instalações, lambe-lambes, objetos, esculturas, cartazes e gravuras

+ Goldfrapp lança clipe de ‘Ocean’ com vocalista do Depeche Mode

A proposta é oferecer um pequeno recorte diante de um grande acontecimento, que apesar de recente segue repercutindo no cotidiano do povo brasileiro. A exposição “Junho de 2013: cinco anos depois” abre dia 2 de junho, das 14h às 18h, e fica em exibição até o dia 4 de agosto.

A mostra reúne trabalhos dos seguintes artistas: Ana Hortides, Adeilma Costa, Aleta Valente, Alex Frechette, Alice Ferraro, Atelier Sanitário (Daniel Murgel e Leandro Barboza), Bárbara Szaniecki, Beatriz Lohana, Camilla Braga, Carine Caz, Cecília Cipriano, Cianogaster Noctivaga, Daniele Machado, Davi Marcos, Emilia Estrada, Guga Ferraz, Gustavo Speridião, Isabelle Cesário, Ivan Grilo, Jéssica Kloosterman, Jéferson, Juliana Notari, Marcela Cantuaria, Marina Florindo, Nelson Almeida, Pablo Meijueiro, Seus putos, Tavarez, Thiago Ortiz, Vô Pixa Pelada e Philippe Valentim.

A coordenação e curadoria geral é de Daniele Machado e Gabriela Lúcio, com cocuradoria de Camila Vieira, João Paulo Ovidio, Letícia Guerra, Marcela Tavares, Thatiana Napolitano e Thiago Fernandes. O projeto conta ainda com seminário, cineclube e publicação cujas datas serão divulgadas em breve. A exposição marca a nova gestão do CMAHO com a direção de Alice Alfinito e a curadoria de Daniele Machado, que será pautada pela pesquisa a artistas e conteúdos periféricos.

SERVIÇO:

Exposição coletiva: “Junho de 2013: cinco anos depois”

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica – Galerias 1 e 2 (Rua Luís de Camões, 68 – Centro – Rio de Janeiro) – Telefone: +55 21 2242 1012

Abertura:: 2 de junho de 2018, das 14h às 18h

Visitação: 4 de junho a 4 de agosto de 2018.

Funcionamento: de segunda a sábado, das 12h às 18h. Fechado aos domingos e feriados

Com informações do Notícias Ao Minuto

Imagem de capa:Marcela Cantuária

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: