Papo de Mulher Vanice Czeletzki

Clube do alicate é um diferencial nos melhores salões de beleza

Vanice Czeletzki
Escrito por: Vanice Czeletzki
Salões de beleza  inovam visando o conforto e bem-estar dos clientes

Higiene, segurança e saúde são palavras fundamentais quando se fala em beleza. Não adianta pensar em estética se esses pilares ficam de fora. Por conta disso, as pessoas, principalmente as mulheres, que frequentam salões de beleza estão conscientes sobre os cuidados que devem tomar para evitar a contaminação por doenças normalmente transmitidas através do uso de alicates e de outros aparelhos que exigem cuidados em relação à saúde. Se usados de forma inadequada podem causar sérios problemas, que vão desde micose até doenças mais sérias como a hepatite. Para diminuir os riscos de transmissão de doenças, alguns salões de beleza têm inovado. Assim como nós,  foi criado o clube do alicate, onde cada cliente tem seu próprio material, que é devidamente esterilizado.


A conscientização da doença como hepatite, torna a aceitação da inciativa fácil, e os números mostram realmente que o alerta e a prevenção são importantes. Dados do Ministério da Saúde apontam que cerca de 2 milhões de brasileiros podem estar infectados pelo vírus C. As formas mais comuns de transmissão são o uso de drogas com agulhas compartilhadas e acidentes com material contaminado, que corte ou fure a pele. No salão Lu’z Launge cada cliente compra um kit, que pode optar por deixá-lo no salão ou levá-lo para casa. “A maioria prefere deixar no salão, pois não corre o risco de esquecer”.   a procura pelo salão aumentou muito por causa da iniciativa “Tudo funciona no boca-a-boca.  As clientes vêm, gostam da ideia e passam para frente”.

NÃO PRECISA PARTICIPAR

O salão atende também quem não participa  do clube do alicate. A cliente que for fazer a unha contará com um alicate próprio do salão e devidamente esterilizado. No salão Lu’z Launge  por exemplo, a manicure sempre tira o alicate na frente da cliente para mostrar que foi esterilizado. Com isso, a cliente tem certeza que está fazendo unha com um material higienizado”, o salão Lu’z Launge fica na Avenida Jácomo Nazário 770  – Cidade nova na galeria espaço R sala 8 andar superior
É o mesmo salão que eu sempre trabalhei mas agora sob nova direção, novo nome enfim cara nova e muito mais cuidados pra você.

FISCALIZAÇÃO NOS SALÕES

De acordo com a vigilância sanitária, não existem normas para um salão quanto à esterilização dos alicates. A orientação é que cada cliente leve seu próprio material ou exija a esterilização. E, como não existe nenhuma lei em vigor – a Legislação de 1997 está sendo avaliada e, possivelmente vai ser modificada – não há fiscalização nos salões. Porém, em caso de denúncia, o fiscal vai ao local e orienta o proprietário de como o alicate deve ser esterilizado. Ainda de acordo com a vigilância sanitária, iniciativas como a do clube do alicate são válidas e ideais, visto que diminui o risco de contaminação por alguma doença.

Fica o convite para reconhecer o espaço agora chamado de  LU’Z LAUNGE  e fazer parte dessa conscientização de prevenção a doenças .

Fica meu abraço!
Att Vanice Czeletzki   991987633
Imagens: reprodução

Sobre o autor

Vanice Czeletzki

Vanice Czeletzki

Formada pela Escola de Cabeleireiros Ondina.
Qualificada pelo núcleo de empresas juniores da Unicamp
integrante do grupo de Elite Expert Team Wella Professional Brasil.
Formada em Visagismo e proprietária da empresa Terapia da Beleza.
Hairstyle na empresa Terapia da Beleza.
Especialização em extensão de cabelo Mega Hair na Europa Itália.

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: