Futebol Internacional

Com dois gols contra, Barcelona vence Roma e se aproxima da semi

Redação
Escrito por: Redação

Nesta quarta-feira, jogando no Camp Nou, o Barcelona deu um passo gigantesco para chegar à semifinal da Liga dos Campeões. O time bateu a Roma por 4 a 1, em jogo que ficou marcado por dois gols contra, De Rossi e Manolas foram os autores; Piqué e Suarez completaram o placar a favor dos comandados de Ernesto Valverde.

Após primeiro tempo parelho, com os catalães criando as principais chances, o Barça abriu o placar na reta final, no gol contra de De Rossi. Na etapa complementar, as coisas desandaram para a equipe comandada por Eusebio Di Francesco, levaram mais três e diminuíram com Dzeko. Alisson, provável titular na meta da Seleção Brasileira, apesar de sofrer quatro gols, teve boa participação na partida, fazendo algumas defesas e salvando a equipe.

Se quiserem passar, os italianos terão que fazer pelo menos três gols de diferença. Se fazer 3 a 0, avança. Os espanhóis podem perder por até dois gols de diferença, que chegam a semi.

As equipes voltam a pensar nos campeonatos nacionais. O Barça encara o Leganés em casa. A Roma vai receber a Fiorentina, no Estádio Olímpico. Ambos os jogos serão no sábado. As duas equipes voltarão a se encontrar na próxima terça-feira, na Itália.

O jogo – Nos primeiros segundos, a Roma adiantou a marcação, buscando pressionar, mas o Barcelona começou a controlar a partida, com posse de bola e troca de passes. Aos sete minutos, os catalães marcaram com Suarez, mas o uruguaio foi pego em impedimento.

Três minutos depois, os romanistas reclamaram de pênalti de Semedo em Dzeko, o árbitro ignorou e mandou seguir o jogo. Na sequência, Messi tentou de longe, Alisson defendeu com sustos. Aos 18, Rakitic cruzou rasteiro e a bola foi direto, mas pegou na trave. No rebote, Suarez isolou de perna esquerda.

Em boa jogada trabalhada entre Messi, Suarez e Alba, o centroavante finalizou, mas Alisson espalmou. O goleiro brasileiro fazia boa partida. Em meia hora de partida, a equipe italiana fazia grande partida, não ficando só atrás, e saindo para o jogo.

Aos 37, os espanhóis saíram na frente, Messi tabelou com Iniesta, na devolução para o argentino, De Rossi tocou contra e abriu o placar no Camp Nou. Dois minutos depois, um lance de extrema dificuldade para a arbitragem. Pellegrini foi derrubado na entrada da área, o árbitro deu falta fora, mas a equipe visitante não aproveitou a oportunidade.

Logo na volta para o intervalo, a Roma quase empatou com Perotti, que perdeu chance clara de gol. Logo depois, Alba bateu, Alisson rebateu, e Suarez mandou para fora.

O clube da capital italiana seguia buscando o tento, após Umtiti perder a bola, Florenzi bateu, e Ter Stegen pegou. Aos 11, os catalãs ampliaram, após cruzamento da direita, Umtiti dividiu com Manolas, e o zagueiro grego marcou contra. Mais um gol marcado contra.

Dois minutos depois, Suarez recebeu, limpou a zaga e bateu, Alisson defendeu, no rebote, Piqué só empurrou para as redes. Depois do terceiro gol sofrido, os visitantes saíram para o jogo, em busca de pelo menos um gol para não ficarem em situação tão complicada. Mas, o Barcelona seguia melhor. Paulinho entrou no lugar de Busquets, e fez boa partida.

Aos 32 minutos, após saída errada de Ter Stegen, a Roma quase diminuiu com Defrel, mas o goleiro alemão se redimiu e conseguiu fazer a defesa. O arqueiro voltaria a brilhar, após belo chute colocado de Perotti. Dois minutos depois, o esforço foi premiado, Dzeko recebeu e bateu de perna esquerda, no cantinho, sem chances.

Entretanto, aos 41, o Barça fez o quarto gol, Fazio falhou na hora de afastar, e Suarez pegou de primeira, sem chances para Alisson, 4 a 1 placar final e vaga encaminhada para a equipe de Ernesto Valverde.

FICHA TÉCNICA
BARCELONA-ESP 4 X 1 ROMA-ITA

Local: Estádio Camp Nou, em Barcelona (Espanha)
Data: 4 de abril de 2018, quarta-feira
Árbitro: Danny Makkelie (Alemanha)
Assistentes: Mario Dias e Hessel Steegstra (ambos da Alemanha)

Cartões Amarelos: Kolarov e Strootman (Roma)
Cartões Vermelhos:
Gols:
Barcelona: De Rossi (contra) aos 37 minutos do primeiro tempo, Manolas (contra) aos 11 minutos, Piqué aos 13 minutos e Suarez aos 41 minutos do segundo tempo.
Roma: Dzeko aos 34 minutos do segundo tempo.

Barcelona: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Umtiti e Alba; Sergio Busquets (Paulinho), Rakitic, Iniesta (Denis Suarez) e Sergi Roberto (André Gomes); Messi e Suarez.
Técnico: Ernesto Valverde

Roma: Alisson; Bruno Peres, Manolas, Fazio e Kolarov; De Rossi (Defrel), Pellegrini (Gonalons) e Strootman; Florenzi (El Shaarawy), Perotti e Dzeko.
Técnico: Eusebio Di Francesco

Com informações da Gazeta Esportiva.

Imagem de capa:Reprodução/Pau Barrena/AFP

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: