Futebol Internacional

Com três de Suárez, Barcelona goleia e afunda Real Madrid na crise

Redação
Escrito por: Redação
Com o resultado, o time catalão retoma a liderança do torneio, com 21 pontos

Não teve Messi e nem Cristiano Ronaldo. Mas teve Suárez. Em exibição de gala, o atacante uruguaio marcou três vezes e foi o nome da goleada por 5 a 1 do Barcelona sobre o Real Madrid, neste domingo (28), no Camp Nou, pela décima rodada do Campeonato Espanhol.

Com o resultado, o time catalão retoma a liderança do torneio, com 21 pontos. Mais que isso, afunda o arquirrival da capital na crise. Com só 14 pontos, na nona colocação, o clube merengue vê o emprego do técnico Julen Lopetegui por um fio.

Barça e Real voltam a campo no próximo sábado pelo Campeonato Espanhol. Os catalães visitam o Rayo Vallecano, enquanto os madrilenos recebem o Valladolid. Antes, na quarta-feira, há compromissos pela quarta fase da Copa do Rei: os merengues encaram o Melilla e os azuis-grenás o Cultural Leonesa -ambas equipes da terceira divisão do país.

O Barcelona iniciou o clássico com mais posse, rondando a área do Real, que até teve a primeira chance -Benzema mandou para fora. Aos 10 minutos, uma bela troca de passes dos donos da casa foi concluída com lançamento de Rakitic para Alba, que cruzou para Phillipe Coutinho só desviar para abrir o placar.

Torcedores deixam flores no estádio do Leicester após tragédia

O Real tentou reagir após o gol, mas o melhor que criou foram dois chutes de longe defendidos sem perigo por Ter Stegen. Do outro lado, aos 26min, Suárez caiu na área após disputa com Varane. O VAR foi acionado e Sánchez Martínez apontou pênalti, convertido pelo próprio uruguaio.

O Real foi outro na volta para o segundo tempo. Logo aos 4 minutos, Marcelo, em fase artilheira, ficou com a sobra após tentativa de Isco, limpou Piqué e descontou.

O Barcelona aos poucos saiu do sufoco e criou boas chances, com Suáres acertando a trave aos 15. O duelo ficou aberto, com as duas equipes se revezando no ataque. Mas foi o uruguaio quem marcou mais uma vez, aos 29min, aproveitando bom cruzamento de Sergi Roberto. Já aos 37, depois de falha feia de Ramos, que entregou a bola para Roberto, o uruguaio tirou Courtois com cavadinha e fez o quarto.

Ainda deu tempo para mais um. Aos 41, Dembélé passou por Nacho e cruzou na medida para Vidal, que havia entrado pouco antes no lugar de Arthur, fechar o massacre. Com informações da Folhapress e Notícias Ao Minuto.

Imagem: reprodução/REUTERS / Paul Hanna

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: