Decor

Como fazer um lustre de cristal em casa

Redação
Escrito por: Redação

Sabia que é possível fazer um lustre de cristal em casa? Nesse post você vai aprender a fazer um modelo de forma prática, rápida e sem gastar muito. Acompanhe!

Quem é que não gosta de dar aquela personalizada em qualquer que seja o ambiente, ainda mais quando o ambiente em questão é sua própria casa. Nesse sentido, os lustres podem dar um ar sofisticado ou contar mais sobre o gosto do morador.

As lojas estão cheias de opção, porém, o intuito do texto é explorar a sua criatividade e ensinar uma forma de fazer lustre em casa mesmo. A partir da utilização de materiais simples e técnicas específicas, você conseguirá bons resultados.

Ah! Para aquelas pessoas que não se sentem capaz de desenvolver tanto assim a criatividade, você pode fazer uma pesquisa prévia por modelos que lhe agradam e tomá-los como ponto de início.

Como fazer um lustre em casa

A sugestão que será passada a partir de agora é para confeccionar um lustre de cristal simples, a partir de utilização e materiais que estão acessíveis em qualquer loja de montagem ou armarinho.

Para fazer o lustre de cristal em casa vale saber a medida ideal para seu ambiente

Os materiais podem ser variados, a depender do seu gosto (Foto: Reprodução | Família Diy)

Preste atenção nos materiais:

  • Um plafon com bocal para lâmpada na cor da sua preferência
  • Argolinhas de alumínio
  • Faceta ou castanheiras de plástico (parecido com cristal)
  • 20 Ponteiras (parecido com cristal)
  • Fita crepe
  • Uma caneta marcadora
  • Um prego
  • Um alicate de bico fino

Passo a passo

Você deve ter reparado que não foi descriminada a quantidade do material utilizado para a montagem do lustre na maioria das peças. Isso porque, essa quantidade vai depender do tamanho que você vai querer o lustre.

Veja também: Arrase na decoração: adorne o vaso de flores com rodelas de laranja

Nesse caso, isso pode variar de acordo com o seu gosto ou o tamanho do seu teto. A sugestão desse lustre em específico foi extraída do blog Família DIY.

Comece pegando uma ponteira com uma castanheira e una as duas peças com uma argolinha de alumínio. Pegue mais uma argolinha de alumínio e vá unindo as castanheiras sucessivamente até obter a primeira haste do seu lustre. Use o alicate.

“Preste atenção para fechar bem a argolinha. Como é uma coisa que não costumamos ficar mexendo, apesar do alumínio ser bem maleável, ele fica seguro, sem o menor risco de cair”, afirma Débora Vasconcelos.

A dica é começar fazendo um conjunto de oito unidade. Para dar um movimento decrescente ao lustre, em cada uma das tiras de facetas você vai aumentando uma pecinha. Assim você vai seguir até ter usado todas as 20 ponteiras.

Agora chegou a hora de fazer a marcação para que as tiras de facetas sejam encaixadas ao redor do plafon. Para isso, você vai pegar a fita crepe e medir exatamente o tamanho da circunferência do plafon.

A sequência da montagem do lustre

Feito isso você retira a fita e divide o tamanho pela quantidade de tiras que você fez, no caso, 20. Marque os 20 pontos na fita crepe e depois volte a colá-la na lateral do plafon. O passo seguinte é furar os buracos para encaixar as tiras.

As lâmpadas de led são as mais indicadas para compor essas luminárias (Foto: Reprodução | Família Diy)

Na lateral do plafon, você vai fazer o primeiro furo com o prego quente. Como o plafon é feito de plástico, esse passo será bem fácil de ser concluído. Tome cuidado para não se queimar ou se machucar com o prego nem tão pouco com o alicate.

Feito os furos, você vai começar a fixar as tiras de facetas em volta do plafon. Para isso, pegue uma argola e comece da com menos facetas para as com mais. “Colocadas todas as fitas o efeito já começa a crescer os olhos”, diz Débora.

O passo seguinte é fazer a instalação do plafon no local indicado. Quando for usar a lâmpada, dê preferência para uma de led, pois ela não esquenta, correndo o risco de danificar o material utilizado. Se quiser assistir ao vídeo clique aqui.

Veja também: Como fazer um ambientador caseiro

Dicas adicionais

Dependendo da decoração do seu ambiente, você pode usar peças em tonalidades e formatos diferentes. Não é obrigado você se prender a tudo que foi mostrado por aqui. Deixe a sua personalidade e criatividade falarem mais alto.

Se o seu ambiente for amplo, você pode pensar em fazer um conjunto de peças com esse mesmo formato, montando uma grande peça central. Outra dica também é variar a tonalidade da luz de led utilizada.

A utilização de lustres

Os lustres podem estar presentes em vários ambientes da casa ou até mesmo no seu local de trabalho, dependendo muito da proposta que está se querendo seguir na decoração.

Aqueles mais sofisticados, que são encontrados nas lojas especializadas em artigos de iluminação, são feitos de vários materiais. Entre os principais, destaque para o vidro, cristal, porcelana, madeira, plástico e ferro.

A escolha de cada peça vai depender muito da personalidade da pessoa. “Não existe o “cafona”, existe a opinião pessoal de cada um e saber respeitá-la, adaptando e tornando o espaço organizado e funcional”, afirma a arquiteta Evelin Sayar em entrevista para o site Alfapress.

Além do mais, tem aqueles lustres também que são confeccionados a partir de materiais que estão disponíveis na sua própria caso ou até que iriam parar no lixo: garrafas pet, embalagens descartáveis, pedaços de madeira, entre outros.

Veja também: Transforme as rolhas usadas de vinhos num descolado tapete

O que vale mesmo é o desejo em fazer ou colocar tal objeto, ele estar acompanhando a temática do projeto desenvolvido e, ao fim, a satisfação em estar em um ambiente que traduz a personalidade. Com informações do remédio Caseiro/R7

Imagem de capa: Reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: