Delson Luiz F. Leite Transformação Digital

Conheça as DIRETRIZES do Facebook

Delson Luiz
Escrito por: Delson Luiz

Por Delson Luiz F. Leite – A rede social tem regras muito claras para as pessoas físicas e, principalmente para as pessoas jurídicas (empresas) que querem fazer dela a sua rede de contatoscom os seus consumidores e, por que não, tornar-se uma formadora de opinião. Se alguma regra for infringida, pode haver penalidades sérias, como a exclusão da fan page ou até o bloqueio de algum anúncio. Fique atento ao que pode ou não no facebook para que suas ações se tornem efetivas.

Assim como as páginas pessoais, os anúncio para o Facebook também são regido por normas específicas. Sua infração é séria e pode gerar a rejeição da campanha ou, até mesmo, o bloqueio da conta. Para evitar estes problemas e estar sempre em dia com as regras da  plataforma – que passam por alterações constantemente, portanto é bom ficar muito atento -, o publicitário e fundador e fundador da AdResults, Fábio Prado Lima, indica a maneira mais simples de agir: seguir cautelosamente as Políticas de Publicidade do Facebook, disponíveis no site oficial (facebook.com/policies/ads), onde encontramos uma versão para impressão. Trata-se de informações relacionadas a conteúdo, posicionamento, texto, imagem, uso de ativos da marca e de dados, entre outras prerrogativas. Por sus vez, Camila Porto alerta que o Facebook não é claro sobre como remediar casos de contas e campanhas bloqueadas. Assim, o melhor a ser feito é evitar imagens ofensivas, que contenham muito textoou setas apontando para algum recurso, simulando botões ou alguma funcionalidade inexixtente. “Também é preciso tomar cuidado com as promessas e com o que o anúncio oferece. Outro ponto são as páginas de destino, que não podem ter vídeos que comecem a rodar sozinhos, que exijam que a pessoa faça um cadastro para acessar o conteúdo ou que não tenham conteúdo, apenas campos para inseri e-mail, por exemplo”, explica a especialista, todavia esta prática é comum. Agora se a conta já foi bloqueada por violação às normas de uso, segundo Fábio Prado Lima o caso é irreversível. “O ideal, então, é criar uma conta de anúncios por meio do Gerador de Negócios (business.facebook.com)”, orienta o publicitário. Outro motivo para o bloqueio seria uma atividade suspeita, como um cadastro de um cartão de crédito iniciado em um computador nunca iniciado antes. Nesses casos, o Facebook emite uma mensagem de alerta e informa um link para configurar alguns documentos, a fim de permitir o desbloqueio. Quer saber quais são os principais motivos de punição de uma conta na rede social ? Selecionei aqui algumas regras do Facebook para você ficar por dentro e evitar qualquer tipo de problemas para sua empresa:

  • Os anúncios não devem conter mais de 20% de texto sobre uma imagem, incluindo logotipos e slogans. Para verificar se uma imagem se encaixa nos padrões, acesse: bit.ly/fbgrade;
  • Imagens apelativas, que transmitam medo, intimidação e violência serão proibidas, pois são consideradas “táticas de choque” (acidentes de carro e fotos de violência doméstica);
  • As imagens devem ser direcionadas ao público específico;
  • Os anúncios não podem conter excesso de sensualidade, insinuar nudez ou focar em rpartes do corpo (abdômen ou decote extravagante);
  • Não são peritidas imagens que retratem funcionalidades inexistentes, como botões;
  • QR Codes não são permitidos em imagens;
  • Não é permitido utilizar a marca do Facebook sem que haja autorização, incluindo elementos utilizados na rede social, como logotipo ou ícone de localização;
  • Os anúncios não devem conter insultos, falsas afirmações, ameaças e bullying ou linguagem ofensiva;
  • Tome cuidado ao atribuir características a algo ou alguém, direta ou indiretamente. A regra para origem ética, religião, idade, orientação sexual, identidade sexual. Situação financeira, afiliações em sindicatos, ficha criminal e nome;
  • O direcionamento dos produtos deve ser pertinente ao produto ou serviço oferecido. Por exemplo, bebidas ealcoólicas e produtos de saúde e bem-estar devem ser direcionados apenas para maiores de 18 anos;
  • Imagens de “antes e depois” e de biótipos idealizados e a venda de remédios com receita NÂO serão aceitas;
  • Não é possível anunciar armas e munições, produtos adultos, encontros sexuais, produtos farmacêuticos, jogos de azar, tabaco e drogas, fraude e software maliciosos;
  • Todos os aníncios devem ser feitos com autorização do cliente ou da empresa;
  • Há situações em que os anúncios tem aprovação automática e passam por aprovação manual em seguida. Portanto, se ele for aceito mesmo havendo uma violação, ele poderá ser bloqueado depois;
  • Não são permitidos anúncios que incitem pop-ups ou iniciem downloads automáticos;
  • Anúncios NÃO devem direcionar usuários a grupos fechados/secretos ou para a página inicial;
  • Os links externos devem ser pertinentes aos produtos e seguir as diretrizes do Facebook;
  • Anúncios NÃO devem direcionar para sites com má reputação;
  • Verifique as URLs de destino, que devem funcionar corretamente;
  • Se seu anúncio estiver de acordo com todas as regras e, ainda assim, for reprovado, vale entrar em contato com a central do Facebook.

Semana que vem aprofundarei em métricas, Insights, etc.  Até mais e Boa semana!

Delson Luiz F. Leite

www.einsofti.com

Imagens: Reprodução

 

Sobre o autor

Delson Luiz

Delson Luiz

Consultor Executivo TI – formado pela Universidade Mackenzie em Engenharia da Computação, Pós Graduado pela USP Escola Politécnica em Administração, 56 anos dos quais 40 em TI consolidada experiência em TI - Consultoria e Assessoria em Operação, Segurança, Desenvolvimento, Suporte e Treinamento, atuando em organizações de renome como: EDS 1.989-1991 e 2001 -2003, HP Hewlett Packard 1.995-1996, Andersen Consulting/Accenture 1997-2001, Compuware 2004-2005, Siemens IT 2.006-2009, Lógica/CGI 2011-2015 e desde 2016 é CEO da EinSofTI Tecnologia da Informação (Indaiatuba SP) especializada em Consultoria em Transformação Digital (Cloud Computing + Inbound Marketing) e Serviços especializados em Software.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: