Futebol Brasil

Corinthians perde outra no Rio e chega a quatro jogos sem vencer

Redação
Escrito por: Redação

O Corinthians perdeu por 1 a 0 para o Fluminense na noite desta quarta-feira, em jogo disputado no estádio do Maracanã, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Disperso e pouco criativo, sem conseguir aproveitar os espaços deixados pela zaga adversária, o Alvinegro levou um gol de Gum ainda no começo do primeiro tempo e não conseguiu reagir, somando quatro jogos sem vitória no Brasileiro. Nesse meio tempo, venceu a Chape pela Copa do Brasil.

Com o resultado, o Timão se mantém com 26 pontos e vê a chance de encostar no grupo dos seis primeiros colocados, aqueles que garantem uma vaga na Copa Libertadores da América, diminuir consideravelmente. Além disso, empata com a pontuação dos cariocas e pode terminar a rodada mais perto da zona de rebaixamento do que da competição continental.

Na próxima rodada, os comandados de Osmar Loss tentam recuperar o prejuízo contra o Paraná, no sábado, às 19h (de Brasília), na Arena Corinthians, último embate antes de receber o Colo-Colo, duelo decisivo para o futuro na atual edição da Libertadores. O time das Laranjeiras, por sua vez, visita o Cruzeiro, também no sábado, mas às 21h (de Brasília), no Mineirão.

Gol rápido e vermelho para Romero

O Corinthians começou o primeiro tempo errando três passes na saída de bola, um com Pedro Henrique, outro com Cássio e outro com Danilo Avelar, dando o tom do que poderia observado no restante da partida. Com uma saída de bola pouco confiável, o time visitante foi presa fácil para a marcação pressão dos jovens tricolores, liderados pelo ótimo Pedro.

O centroavante, convocado para a Seleção Brasileira na última sexta-feira, foi protagonista no lance que começou a derrocada alvinegra. Henrique, lento, não conseguiu dar o chutão que queria e foi desarmado pelo adversário, alvo do arremate corintiano. Falta bem marcada e cobrada por Júnior Sornoza, que achou o mesmo Pedro livre na segunda trave. O camisa 9 mandou para o meio e Gum, na segunda chance, abriu o placar.

O gol deixou o Corinthians com a dura missão de, após não criar nenhuma chance de gol com o contra-ataque à disposição, tentar criar diante de um time mais fechado. Pedrinho chamou o jogo e chegou a criar um lance de perigo ao achar Avelar livre na área. O lateral testou para o meio da área e Romero parecia ser alvo de um pênalti de Gum, mas o juiz parou o lance para marcar toque de mão do paraguaio.

A situação, que parecia se encaminhar para uma tentativa de mudança de Loss no vestiário, ficou ainda mais complicada antes do intervalo. Romero sofreu falta de Digão e, aparentemente irritado, acertou o adversário com o braço esquerdo. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro aparentava dar o cartão amarelo, mas levou a mão ao ouvido e, após cerca de dois minutos, mudou de ideia e expulsou o paraguaio.

Cássio segura e Avelar perde o empate

Para a etapa final, Osmar Loss apostou em uma equipe no 4-3-2, com Jadson voltando para formar uma linha ao lado dos volantes, incumbida de municiar a dupla Pedrinho e Clayson, mais à frente. Sem conseguir impor um ritmo de marcação pesada para tentar os contra-ataques, no entanto, os leves avantes corintianos mais correram atrás do zagueiros rivais do que o contrário.

Com a dificuldade de movimentação apresentada pelo time, Loss acionou Mateus Vital e Jonathas para tentar dar mais profundidade ao Alvinegro. Enquanto isso, o goleiro Cássio salvava as boas investidas do adversário, que só não foram fatais por suas intervenções em chutes de Gilberto e Mateus Alessandro, além da insistência do Flu em lances de efeito, retardando as jogadas.

Loss tentou uma última cartada com a entrada do chileno Araos no lugar de Jadson, que acabara de participar de uma boa movimentação. O camisa 10 tabelou e recebeu na esquerda, mandando na entrada da área para Douglas. O volante mandou por cima para Avelar, cara a cara com o goleiro Júlio César, mas o lateral corintiano chutou muito mal e jogou para fora a chance do empate.

Incrivelmente, o Corinthians, mesmo dominado, chegou aos minutos finais com chance de empatar, mas sem ter o vigor físico para tentar um “abafa” na defesa adversária. O resultado foi o Fluminense segurando o jogo e conquistando a primeira vitória sobre o Timão após dois anos de “seca”.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 0 CORINTHIANS

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 22 de agosto de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Público: 7.856 pagantes
Renda: R$ 199.795,00
Cartões amarelos: 
Gum (Fluminense); Ralf e Pedro Henrique (Corinthians)
Cartão vermelho: Romero (Corinthians)
Gols:
FLUMINENSE: Gum, aos 17 minutos do primeiro tempo

FLUMINENSE: Júlio César; Gilberto, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson (Mateus Norton), Dodi (Marcos Júnior) e Sornoza; Everaldo (Matheus Alessandro) e Pedro
Técnico: Marcelo Oliveira

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Mateus Vital) e Douglas; Pedrinho (Jonathas), Jadson (Araos), Romero e Clayson
Técnico: Osmar Loss

Com informações da Gazeta Esportiva

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: