Futebol Brasil

Coxa vence o Goiás e complica o adversário na Série B

Redação
Escrito por: Redação

Em uma noite melancólica no Couto Pereira, o Coritiba venceu por 1 a 0 ao Goiás, que pode se complicar em sua luta para seguir no G4 na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Alviverde, já sem chance de acesso, chegou aos 49 pontos, na 10ª colocação. Em terceiro, com 57 pontos, o time esmeraldino vê os adversários encostarem perigosamente.

Depois de um primeiro tempo que passou em branco, o Coxa marcou seu gol aos 27 minutos, em cobrança de escanteio que Rafael Lima aproveitou para desviar e matar o goleiro Marcos, abrindo o placar.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta a Ponte Preta, terça-feira, no Estádio Moises Lucarelli, em Campinas Já o Goiás encara o Oeste, sábado, na Arena Barueri.

O jogo – O pequeno público que compareceu ao Alto da Glória mostrou antes mesmo de a bola rolar que o clima seria melancólico. A entrada dos jogadores do próprio time, vias e protestos contra a diretoria. Após o apito inicial, a primeira chance foi dos donos da casa, aos três minutos, com Alecsandro, que pegou sobra de bola e bateu forte, para fora. Aos seis, cobrança de escanteio para testada firme de Rafael Lima, pela linha de fundo.

O jogo era bem disputado, mas com poucas emoções. Aos 16 minutos, Michael desceu pelo lado direito e cruzou rasteiro. A bola passou por todo mundo, sem ninguém para aproveitar. Na sua característica, Felipe Gedoz arriscou o chute de longe, nas mãos de Rafael Martins. A resposta coxa-branca veio com Guilherme Parede, um minuto depois, abrindo espaço e soltando o pé para boa intervenção de Marcos.

Grande chance para o Coritiba, aos 30 minutos, com Alecsandro, que partiu para a jogada individual após receber lançamento, chapelando o goleiro marcos, e cabeceando na trave. Se movimentando bem, Matheus Bueno apareceu para arrematar aos 37 minutos, por cima da meta esmeraldina.

Para a segunda etapa, o Goiás retornou com Madison no lugar de Felipe Gedoz, apagado no primeiro tempo. Aos três minutos, Chiquinho arriscou a batida de fora da área, com perigo, mas pela linha de fundo. Alecsandro teve mais uma boa chance, aos sete minutos, chegando de peixinho para defesa de Marcos.

O ritmo da partida caiu, com a briga restrita ao meio-campo. Sem conseguir entrar na defesa alviverde, Giovanni chutou de muito longe, aos 17 minutos, completamente sem direção. A mira de Ernandes foi a mesma, aos 20 minutos, ao isolar o arremate na entrada da área. Cobrança de escanteio para Chiquinho, aos 23 minutos, e a bola fechada ficou na rede, pelo lado de fora.

A pequena torcida parecia não esperar por mais nada, até que, aos 27 minutos, Rafael Lima aproveitou cruzamento para tirar do goleiro e estufar a rede, abrindo o placar. Aos 35 minutos, Rafinha acertou um petardo, de longe, e Rafael Martins fez ótima intervenção. O Goiás tentava pressionar, mas encontrava pela frente uma defesa bem postada, segurando o resultado.

CORITIBA 1 X 0 GOIÁS

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 09 de novembro de 2018 , sexta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor(RS)
Cartões amarelos: Vitor Carvalho, Abner e Júlio Rusch (Coritiba); Lucão, Madison (Goiás)

Gols
CORITIBA: Rafael Lima, aos 27 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Rafael Martins; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e Abner (William Matheus); Vitor Carvalho, Simião (Júlio Rusch), Matheus Bueno e Chiquinho; Guilherme Parede (Pablo) e Alecsandro
Técnico: Argel Fucks

GOIÁS: Marcos; Alex Silva, David Duarte, Victor Ramos e Ernandes; Gilberto, Felipe Gedoz (Madison)e Giovanni (Renato Cajá); Michael, Lucão e Maranhão (Rafinha).
Técnico: Ney Franco

Imagem: reprodução/Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: