Futebol Brasil

Criciúma surpreende, vence a primeira e Avaí perde chance de ser vice-líder

Redação
Escrito por: Redação

O Criciúma, enfim, venceu a primeira na atual edição do Campeonato Brasileiro da Série B. E não foi um triunfo qualquer. Jogando na Ressacada, em Florianópolis, os visitantes arrancaram bateram o Avaí por 1 a 0 no clássico catarinense válido pela oitava rodada do nacional de acesso à elite.

O resultado acabou com a sequência de três vitórias seguidas do Leão e ainda impediu que o time de Geninho alcançasse a vice-liderança, já que o Vila Nova tropeçou e abriu o caminho.

Dessa forma, o Avaí fica na quarta colocação, com 14 pontos, enquanto o Tigre soma quatro pontos, agora na 18º colocação, não mais lanterna, mas ainda dentro da zona de rebaixamento.

O jogo foi decidido em uma penalidade. A bola bateu na mão do zagueiro Alemão e o juiz não titubeou, apesar de toda a reclamação dos donos da casa. Na cobrança, Zé Carlos, que não tinha nada com a confusão, mandou para as redes e decidiu o clássico.

Depois do gol, houve muita confusão e um festival de cartões amarelos. Ficou nítido que as coisas não iam acabar bem e o juiz teve de expulsar Moritz e Vitor Feigão, um de cada lado, para tentar colocar ordem na casa.

No fim, apesar de tanta pressão, não teve jeito. O Avaí não conseguiu evitar a derrota na Ressacada, e o Criciúma foi quem fez a festa, para a surpresa de muita gente.

Na próxima rodada, as duas equipes voltam a campo na terça-feira. O Avaí visita o Sampaio Corrêa, no Maranhão, enquanto o Tigre recebe o Paysandu, em Santa Catarina.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 0 X 1 CRICIÚMA

Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 31 de maio de 2018, sexta-feira
Horário: 21h30 (Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (Fifa-PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Cartões amarelos: Rodrigão, Renato, Romulo, Guga (AVA); Jean Mangabeira, Vitor Feijão (CRI)
Cartões vermelhos: André Moritz (AVA) Vitor Feigão (CRI)
Público: 5.822 pagantes
Renda: R$ 122.694,00

GOL
Criciúma:
 Zé Carlos, aos 29 minutos do 2T

AVAÍ: Aranha; Guga, Betão, Alemão e Airton (Moritz); Matheus Barbosa (Luanzinho), Renato, Pedro Castro (Getúlio) e Capa; Rômulo e Rodrigão
Técnico: Geninho

CRICIÚMA: Luiz; Sueliton, Nino, Fábio Ferreira e Marlon; Jean Mangabeira, Eduardo, Elvis e Luiz Fernando (Marlon Freitas); João Paulo (Vitor Feijão) e Zé Carlos (Nicolas).
Técnico: Mazola Júnior

Com informações da Gazeta Esportiva

Imagem de capa:Divulgação/CEC

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: