Futebol Internacional

Deschamps, sobre possível chegada de Zidane à seleção francesa: “Vai acontecer”

Redação
Escrito por: Redação

Se tem alguém que pode começar a arrumar as malas após o anúncio de Zinédine Zidane nesta quinta-feira, este alguém é Didier Deschamps, técnico da França. Com a decisão de deixar o comando doReal Madrid, Zizou é cotadíssimo a assumir a Les Bleus após a Copa do Mundo. Diante da possibilidade de deixar o cargo após o torneio, o atual treinador da seleção comentou a respeito do assunto em coletiva de imprensa, admitindo que o ex-camisa 10, cedo ou tarde, acabará assumindo o posto.

“Ele tem essa liberdade para sair no topo, enquanto alguns são forçados. Eu não sei de tudo, mas posso entender sua decisão. Temos um respeito mútuo com Zizou, posso imaginar o que o levou a tomar essa decisão. De qualquer forma, ele sempre sai pela porta da frente. Sempre foi o caso e não vejo por que isso mudaria. Como treinador, ele tem uma carreira extraordinária, como quando era jogador”, apontou o Deschamps, que encara com naturalidade a possível chegada de Zidane.

“Eu não tenho as chaves da equipe da França, isso cabe ao presidente. Além do que, não sei o que Zidane decidiu. Por enquanto, acho que ele quer aproveitar o tempo para descansar e estar com a família. Depois, como eu disse antes, ele será treinador de uma só vez. Quando, eu não posso dizer, mas faz sentido para mim. Isso vai acontecer quando acontecer”, completou.

Ídolo francês, Zizou deixou o Real Madrid após três temporadas no comando da equipe. Foram três títulos seguidos de Liga dos Campeões com ele, que ainda conquistou um Campeonato Espanhol, uma Supercopa da Espanha, uma Supercopa da Uefa e dois Mundiais de Clubes da Fifa. Ele já manifestou o interesse em se tornar técnico da Les Bleus, o que deve ocorrer independentemente da campanha de Deschamps na Rússia.

A França segue em preparação para a Copa do Mundo e, nesta sexta-feira, mede forças com a Itália em amistoso disputado no Alliaz Riviera, em Nice, a partir das 16h (no horário de Brasília). No Mundial, os franceses estão no Grupo C, com Austrália, Peru e Dinamarca.

Imagem: FRANCK FIFE/AFP

Com informações da Gazeta Esportiva

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: