Esportes em Geral

Diante de difícil Sérvia, Brasil estreia com vitória na Liga das Nações

Redação
Escrito por: Redação

Estreando na Liga das Nações, na tarde dessa sexta-feira, a Seleção Brasileira masculina de vôlei mostrou bom desempenho na partida contra a Sérvia, que deu poucas chances ao time verde e amarelo. Com final emocionante, os liderados por Renan Dal Zotto salvaram pontos difíceis e decisivos na casa dos adversários, em Kraljevo, para levar a melhor por 3 sets a 0 (25/22. 25/22 e 26/24).

Os brasileiros começaram com bom ponto de bloqueio. O início da partida foi com o marcador oscilando, já que eram erros lá e cá. Quando o placar estava em 11 a 11, em um longo rali, o Brasil começou a tomar à frente com um belo trabalho coletivo.

Diante de um bem montado e, por momentos, ousado time da Sérvia, o Brasil teve dificuldades para manter a liderança. Mostrando muito contra-ataque, a Sérvia fez um jogo sobrecarregado nos opostos e forçou muito o saque.

Em seguida, entretanto, o grupo brasileiro se encontrou em quadra e mostrou boa recepção para se encaixar em todos os outros fundamentos. Com volume de jogo e bom vôlei, a equipe de Maurício ampliou a vantagem. Na primeira bola tentando fechar o set, a Sérvia foi quem encostou. Mesmo depois de errar, o Brasil foi para o intervalo com a vantagem, fazendo 25 a 22.

No segundo set, uma cena parecida: Sérvia começou à frente, o Brasil encaixou para recuperar, mas o placar seguiu disputado. Wallace fez números fundamentais para que os visitantes conseguissem impor bom jogo. Ainda assim, a Sérvia seguiu pressionando. Bruninho e companhia, entretanto, conseguiram repetir a parcial da etapa anterior e venceram.

Na segunda temporada de Renan à frente da Seleção, o ponto forte da partida foi o conjunto que, apesar dos erros, conseguiu criar perigo para os rivais. Na etapa decisiva, longos ralis foram apresentados. Melhor para os visitantes, que ampliaram ainda nas primeiras oportunidades. Com uma Sérvia que não dava chances e salvava bolas improváveis, os donos da casa levaram o terceiro set para o set point. O Brasil salvou, forçou match point e levou a melhor.

No segundo compromisso dos nacionais na Copa das Nações a equipe faz uma reedição da final olímpica, em partida contra Itália, na manhã deste sábado. Com informações da Gazeta Esportiva

Imagem de capa:Fivb)

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: