14.8 C
Indaiatuba

Em ato oficial Nilson Gaspar lança Imposto Solidário 2022

De acordo com o prefeito se mais pessoas repassarem a informação de como destinar para o IR Solidário é possível aumentar a contribuição com os projetos sociais municipais.

Nesta quarta-feira (6) aconteceu a cerimonia de lançamento oficial do Imposto de Renda Solidário 2022, na Unieduk. O evento contou com a presença do prefeito Nilson Gaspar (MDB), o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Indaiatuba (CMDCA) – Rogério Siqueira e a secretária adjunta de Assistência Social, Viviane Barnabé. Na ocasião foi apresentado a cerca de 120 estudantes das áreas de contabilidade e administração a importância da destinação de uma parte do imposto para ajudar entidades do município.

De acordo com o prefeito se mais pessoas repassarem a informação de como destinar para o IR Solidário é possível aumentar a contribuição com os projetos sociais municipais. “Nosso encontro aqui é para mostrar a importância que tem o Imposto de Renda Solidário. O valor, depois que as pessoas fazem a declaração vai para o cofre do Governo Federal e para as ações a nível Brasil. O contador é que vai fazer a diferença na arrecadação para a nossa cidade. No ano passado foram conquistados, na pessoa física e jurídica, um montante de R$2.080.000,00. Nós podemos conseguir mais recursos, mas para isso precisamos divulgar e explicar o que é o Imposto Solidário. Explanar a diferença que acarretará na vida das pessoas que mais necessitam”.

A proposta do encontro visa fomentar nos futuros contadores e administradores a importância de orientar as pessoas que vão realizar o Imposto de Renda. Com isso, podem contribuir  ao  direcionar o munícipe fazer a doação de até 6% do Imposto de Renda Pessoa Física que permanecerá na cidade. A quantia é redistribuída para as instituições participantes.

As associações beneficiadas com o repasse são: Apae, Abid, Casa da Providência, Bolha de Sabão, Educandário Deus e a Natureza, Campi, Camerata, CIRVA, Casa da Fraternidade , Casa da Criança Jesus de Nazaré , Ciaspe, Dispensário Antônio Frederico Ozanan, Manaem, Projeto Guri, SISNI, Lar de Velhos e Cecal.

A ideia é que as pessoas tenham conhecimento sobre a ação social que é realizada a partir da doação. “O município de Indaiatuba tem 260 mil pessoas,  porém no ano passado 209 pessoas destinaram. Então nós estamos aqui conversando com vocês para que entendam como funciona o processo de destinação do Imposto de Renda e que se houver a conscientização da população esse número de contribuições tendem a aumentar. Desta forma podemos ajudar ainda mais as instituições de Indaiatuba”, explica Rogério Siqueira.

Estiveram presentes também as seguintes autoridades: Dr. Edison José Fernandes – Delegado do CRC,  Anderson Barros da Silva – Gestor Curso de Ciências Contábeis Unieduk; Luciana Mori – Diretora da UNIMAX ; Sergio Baptista Ferreira – Presidente da AESCI  e Ricardo Reis -Presidente do CMDI.

- PUBLICIDADE Z1 -
- PUBLICIDADE Z1 -

Últimas Notícias

Quem tem direito ao PIS?

O pagamento do PIS é realizado pela Caixa Econômica Federal anualmente ao trabalhador que recebe, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu...

4 dicas para fazer sexo no elevador

Fazer sexo no elevador pode não ser o desafio mais fácil para fazer. Os elevadores são chamados, as pessoas esperam por eles e servem...