Futebol Brasil

Em chegada ao Shakhtar, Maycon relembra Timão: “Foi um prazer”

Redação
Escrito por: Redação

Após acertar sua transferência do Corinthians ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, o volante Maycon, em sua chegada ao novo clube, relembrou sua passagem pelo Timão e reforçou sua identificação com a equipe do Parque São Jorge.

“É o clube da minha família, clube que me identifiquei bastante com a torcida, com o que fazem no estádio. O Corinthians em si foi o clube que eu tive um apelo maior, e por ter começado jogando lá, esse amor só aumentou. Vendo de perto o que a torcida faz foi uma coisa que eu gostei muito e foi um prazer ter jogado lá”, afirmou.

Já tendo treinado com os novos companheiros de time e em processo de adaptação no país, o ex-corintiano não escondeu que um dos principais destaques dos últimos anos do Timão, Paulinho, atualmente no Barcelona e na Seleção Brasileira, teve certo papel em seu crescimento como jogador.

“Tive muitos ídolos, principalmente na Europa. Acompanhei bastante o Ronaldinho Gaúcho no Barcelona, apesar da posição não ser a minha. Depois que entrei na base do Corinthians vi muito do Iniesta, o Paulinho, que jogava lá e fazia mais a minha função, são jogadores que eu gostava muito de ver. Hoje em dia, Toni Kroos e Modric são jogadores que eu gosto bastante”, contou, citando também outros ídolos de infância.

Por falar em Seleção, Maycon não escondeu o desejo de futuramente vestir a amarelinha e relembrou que o Shakhtar é ex-clube de cinco jogadores do atual time comandado por Tite: Fernandinho, Willian, Douglas Costa, Fred e Taison.

Reconhecendo que a equipe ucraniana é conhecida por abrir as portas para as seleções nacionais e outros clubes de maior nome na Europa, Maycon preferiu focar nos objetivos imediatos.

“Entendo perfeitamente quão difícil é o Campeonato Ucraniano, e também estamos na Liga dos Campeões com jogos difíceis. Mas o Shakhtar é um time forte. Penso que vamos conseguir o título nacional e fazer uma boa campanha na Champions”, torceu.

Imagem de capa:Reprodução/Fernando Dantas/Gazeta Press

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: