Futebol Internacional

Falando português, Lukaku defende Neymar: “Não é ator. Ele é habilidoso”

Redação
Escrito por: Redação

Nos últimos sete jogos em que esteve em campo pela seleção belga, Lukaku marcou nove gols. Nesta Copa do Mundo, já são quatro em apenas três jogos. Vivendo grande fase, o centroavante do Manchester United foi o jogador escolhido pela Bélgica para conceder entrevista coletiva nesta quinta-feira.

Quando perguntado sobre as simulações de Neymar, Lukaku respondeu em português e defendeu o camisa 10 da Seleção Brasileira, que, segundo o belga, será cedo ou tarde o melhor jogador do mundo.

“Neymar não é ator. Ele é habilidoso. Contra o Neymar, os jogadores chegam mais duro, porque ele tem qualidades que não são normais. Acho que no futuro ele vai ser o melhor jogador do mundo. Estou feliz de jogar pela segunda vez contra ele”, disse o jogador que aprendeu a falar o idioma com os brasileiros, presentes na maioria dos times que passou.

O único embate entre os jogadores aconteceu em julho do último ano, quando Barcelona e Manchester United se enfrentaram em torneio pré-temporada, nos Estados Unidos. Vestindo a camisa do Barça à época, Neymar marcou o gol que garantiu a vitória do time catalão por 1 a 0.

Roberto Martínez assumiu a Bélgica em setembro de 2016 e sua primeira mudança foi no esquema de jogo, trocando uma linha com quatro defensores por uma escalação com três zagueiros e dois alas. Na estreia do treinador, a equipe perdeu para a Espanha e, desde então, não conheceu outra derrota. Para Lukaku, o jogo contra a Seleção Brasileira será um grande teste para ver em que patamar o time está.

“Nós nos preparamos como equipe, temos um sistema em que jogamos há dois anos. Individualmente, melhoramos. Acho que será um grande teste, porque enfrentaremos o melhor time do torneio, o favorito, e será uma grande oportunidade para como estamos como equipe”, comentou o atacante.

Brasil e Bélgica se enfrentam nesta sexta-feira, às 15 horas (de Brasília), em Kazan. O vencedor joga contra Uruguai ou França nas semifinais da Copa do Mundo.

Imagem:  Benjamin Cremel/AFP

Com informações da Gazeta Esportiva

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: