Indaiatuba

Funssol recebe alimentos do Centro de Treinamento da empresa Honda de Indaiatuba

Redação
Escrito por: Redação

A presidente do Funssol Social de Solidariedade de Indaiatuba (Funssol), Enides Nogueira Lopes Cruz recebeu nesta semana, na sede do Cresans no Jardim Regente, a doação de 154 quilos de alimentos do programa “Motociclista Legal” Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH) Indaiatuba (SP). A doação foi feita por Camila Carvalari da Honda e também por representantes da empresa Basf S/A (Catalisadores Automotivos), empresa que mais colaborou com a doação.

Camila Carvalari explicou que todos os meses o CETH recebe motociclistas de empresas e órgãos públicos de todo o Estado de São Paulo para realização do curso de segurança no trânsito. “Todos os participantes dos treinamentos gratuitos de pilotagem ministrados pelas equipes do CETH são convidados a contribuir com alimentos não perecíveis. Ao final do curso, a doação é levada para uma instituição e entregue por um motociclista formado pelo CETH. A entidade é escolhida pelos alunos, em parceria com a Honda, e pode estar baseada em qualquer cidade ou estado do País, e no mês de junho, escolhemos o Funssol (Fundo Social de Solidariedade) de Indaiatuba.

A presidente do Funssol agradeceu as doações recebidas e explicou a demanda é crescente. “Atenderemos as entidades cadastradas na Assistência Social e com certeza tudo será bem aproveitado”.

Explicou aos presentes que o projeto Mãos Dadas é uma parceria do Funssol com o Cresans que é vinculado à Secretaria da Família e do Bem Estar Social e recebe as doações de alimentos da iniciativa privada para serem repassadas às Organizações Sociais, Projeto de Padaria Artesanal do Funssol e também para montar os kits para atender a população necessitada.

O coordenador do Cresans, Victor Bonequini que explicou que os alimentos serão separados e distribuídos de acordo com a necessidade de cada Instituição. “Recebemos os alimentos e a equipe faz levantamento e separa todos os itens, verificando as embalagens e data de validade. E quando há produtos vencidos são separados para descarte”.

Também explicou que o objetivo do Cresans (Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável) tem o Projeto Educação Alimentar (PEA) com uma cozinha experimental e uma horta comunitária.

Também presentes os representantes da empresa Basf S/A, a Consultora de Gestão de Qualidade, Alessandra M. Brotto e os funcionários Vanessa Nunes e Diego Rios. Com informações da Prefeitura de Indaiatuba

Imagem de capa: Deuzeni Ceppolini PMI

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: