Futebol Brasil

Gabigol fala sobre propostas e permanência no Santos: “Na alegria e na tristeza”

Redação
Escrito por: Redação

Gabigol falou pela primeira vez sobre as propostas recebidas e a decisão de permanecer no Santos. De acordo com o técnico Cuca, as ofertas foram do Valencia-ESP e mundo árabe. 

O atacante afirma que é momento de dar a cara a tapa e ajudar os companheiros a sair da zona do rebaixamento no Campeonato Brasileiro e buscar as fases finais da Copa do Brasil e Libertadores da América.

“Essa situação de proposta eu não costumo falar, deixo com meus pais e empresários. Conversei com ele sobre várias questões, de dentro e fora de campo. Abri essa situação, falei isso, sim, todos sabem do meu carinho pelo Santos, pela torcida, por meus companheiros. Viraram uma família para mim. Estou com eles e sabem disso. Podem contar comigo na alegria e tristeza. Estou bem no Santos, feliz, não dá para falar sim ou não, mas quero muito ficar e ajudar o Santos”, disse Gabriel, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, no CT do América-MG.

“Sempre falei da responsabilidade dividida, alguns momentos eu falo e me exponho mais para ajudar. Vanderlei mais quieto, Alison fala mais e corre 9 ou 10 kms, corre e dá carrinho por todos. Bruno e Rodrygo mais quietos… Responsabilidade de todos, grande time, grande camisa, torcida imensa. É momento de pôr a cara a tapa, principalmente eu, não tenho medo. Nosso time tem muita calma, união. Somos grandes amigos e sabemos que, juntos, vamos sair dessa situação”, completou.

Após a derrota por 3 a 1 para o Atlético-MG neste domingo, no Estádio Independência, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos ficou em Belo Horizonte para a decisão contra o Cruzeiro. Depois de perder por 1 a 0 na Vila Belmiro, o Peixe precisa vencer a Raposa nesta quarta-feira, no Mineirão, para avançar à semifinal da Copa do Brasil.

Imagem de capa: reprodução/Ivan Storti/SFC)

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: