Esportes em Geral

Hamilton confirma favoritismo e sairá na pole do GP da França de Fórmula 1

Redação
Escrito por: Redação

O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, confirmou neste sábado o domínio que estabeleceu desde o primeiro treino livre no circuito de Paul Ricard e cravou a pole position do Grande Prêmio da França, que está de volta ao calendário da Fórmula 1, após 10 anos de ausência.

O vice-líder do Campeonato Mundial de Pilotos cravou o tempo de 1min30s029, liderando dobradinha da equipe prateada, já que o finlandês Valtteri Bottas ficou com a segunda colocação, ao girar pouco mais de um décimo atrás do companheiro.

Esta é a 75ª pole de Hamilton na categoria, em 216 largadas. Com isso, o britânico amplia a vantagem como recordista absoluto no quesito, que tem o alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de F-1, no segundo posto, com 68 primeiras posições no grid.

Desde sexta-feira, quando foi disputada a primeira sessão livre para o GP da França, o dono do carro 44 só não liderou o TL3, disputado hoje, mais cedo, em que Bottas foi o mais rápido.

O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que assumiu a liderança da temporada no Grande Prêmio do Canadá, disputado há duas semanas, fechou o Q3 do treino de classificação disputado hoje, na terceira posição, atrás das duas Mercedes.

Logo atrás do quatro vezes campeão, aparecem os dois carros da Red Bull, primeiro com o holandês Max Verstappen, depois com o australiano Daniel Ricciardo. Em sexto, pouco mais de um segundo mais lento que Hamilton, aparece o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari.

O sétimo posto ficou com o espanhol Carlos Sainz, da Renault, seguido pela grande surpresa do treino de classificação, o monegasco Charles Leclerc, da Sauber. O jovem piloto, de 20 anos, que nunca havia conseguido avançar ao Q3, de quebra, alcançou o oitavo posto.

O dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, ficou em nono, seguido pelo companheiro de equipe, o francês Romain Grosjean, que não marcou tempo, depois de bater na última parte do treino, o que chegou a provocar uma bandeira vermelha, paralisando a atividade.

A grande decepção da sessão de hoje foi o espanhol Fernando Alonso, da McLaren, que vinha de vitória nas 24 Horas de Le Mans, também na França, há uma semana, mas, acabou eliminado ainda no Q1. Amanhã, o duas vezes campeão mundial largará apenas no 16º posto.

A prova em Paul Ricard tem largada prevista para às 11h10 (horário de Brasília). Ao todo, serão 53 voltas, completando percurso de 309.626 quilômetros. Com informações da EFE.

Imagem de capa:EFE/Yoan Valat

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: