Z1 Cidades

Hospital de Itapetininga será administrado pela Santa Casa de Sorocaba a partir de quarta-feira

Redação
Escrito por: Redação
Sociedade Beneficente São Camilo desistiu de participar da licitação após o Ministério da Saúde estabelecer diretrizes para o repasse de verbas. Santa Casa de Sorocaba assume administração da unidade.

O Hospital Léo Orsi Bernardes, em Itapetininga (SP), terá nova administração a partir desta quarta-feira (31).

Representantes da Santa Casa de Sorocaba (SP) vão coordenar os trabalhos, já que a antiga gestão desistiu de participar de um novo processo licitatório para continuar dirigindo a unidade depois que o Ministério da Saúde estabeleceu diretrizes para o repasse de verbas.

A gestão da Sociedade Beneficente São Camilo começou em 2013 e o contrato foi de cinco anos. De acordo com o Secretário de Gabinete da prefeitura, Jeferson Brun, a São Camilo já havia orçado com o município e demonstrado interesse em participar.

“Aí aconteceu que uma nova normativa do Ministério, na qual existe uma colocação em que não permite que a São Camilo ou outras instituições recebam uma filantropia do SUS. Então, a São Camilo comunicou o município que não tem mais interesse em participar da licitação”, explica.

Houve, então, a abertura de um processo de licitação temporária, vencida pela Irmandade da Santa Casa de Sorocaba, que ofereceu o mesmo valor da antiga administradora. O contrato tem duração de 180 dias.

Durante esse período, o setor jurídico da Prefeitura de Itapetininga afirmou que negociou com o Ministério da Saúde a volta desse benefício de filantropia para depois abrir um processo licitatório regular.

“São dúvidas jurídicas que hoje a gente está fazendo ao Ministério. Estamos conversando junto a nossa DRS e com outras empresas que estão com o mesmo problema. Estamos em uma forma conjunta tentando entender juridicamente com o Ministério como levar, se ele vai aceitar ou se não aceita mais”, completa.

Gestão

A Santa Casa de Sorocaba vai administrar o hospital, que conta com recursos federais e estaduais. A Prefeitura de Itapetininga afirma que a unidade está em dia com as finanças e, até tudo ser resolvido, novos investimentos não devem ser feitos.

Desde setembro do ano passado a irmandade administra a Santa Casa de Sorocaba, após uma investigação da Polícia Civil contra o ex-provedor por suposto peculato e apropriação indébita.

Equipamentos como mamógrafo foram consertados e o serviço de radioterapia retomado. O padre Valdori Rosa será o diretor do hospital de Itapetininga. Porém, enquanto ele passa por um treinamento, quem fica na direção é o padre Flávio Jorge Miguel Júnior.

O pedreiro Jair Miguel Rodrigues Gonçalves foi a uma consulta no local com o cardiologista. Ele avalia o atendimento de forma positiva e torce para que a mudança não traga problemas para o setor da saúde em Itapetininga.

“Torcer para a nossa população compreender um pouco, aguardar o que vem e que venham melhoras”, finaliza.

Imagem: Reprodução/TV TEM

Com informações do G1

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: