Preconceito

Idosa denuncia racismo sofrido em Curitiba: ‘Não gosto de negro’

Redação
Escrito por: Redação
Caso ocorreu na quarta-feira (24)

Uma idosa foi vítima de racismo dentro de um ônibus que liga Curitiba à São José dos Pinhais, na Região Metropolitana. A vendedora Maria de Lurdes Melo, de 70 anos, disse que uma outra passageira ficou incomodada pela sua presença nos bancos preferenciais. O caso ocorreu na quarta-feira (24).

De acordo com o G1, uma mulher cedeu o lugar preferencial a Maria assim que ela entrou no ônibus. Uma outra idosa então, que estava no banco ao lado, ficou incomodada com a situação.

“Foi bem categórica mesmo: ‘eu não gosto de negro e nem velho. Sai para eu sentar”, afirmou Maria.

A vítima chamou a Guarda Municipal de São José dos Pinhais, que acabou prendendo a mulher em flagrante pelo crime de injúria racial.

“Eu estou procurando meus direitos. Eu não peço, eu estou exigindo, porque eu sou um ser humano. Não só eu, como todos os negros”, disse. Com informações do notícias Ao Minuto.

Imagem: reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: