Z1 Cidades

Itapetininga: Jovens são investigados por ameaça a policiais em quebra-quebra após jogo do Brasil: ‘Joga pedra na viatura’

Redação
Escrito por: Redação
Em uma das publicações, um rapaz alertou sobre nova confusão na sexta-feira (6): ‘Sexta-feira os cara vai tacar molotov’.

A Polícia Civil investiga publicações nas redes sociais que incentivam a violência contra policiais militares durante o vandalismo e arrastão registrado na área central de Itapetininga (SP) após o jogo da Seleção Brasileira, na segunda-feira (2).

Durante a confusão, lojas tiveram portas e vidros quebrados, além de objetos furtados. Além disso, um grupo jogou pedra em uma viatura da Polícia Militar. Quatro pessoas, entre elas dois adolescentes, foram detidas.

Em uma postagem feita no Facebook, um morador de Itapetininga afirma ‘Nois é ruim caraí, nois joga pedra na viatura”.

Ao G1, o delegado Clóvis Orsi afirmou que a publicação incita a violência. Por isso, um boletim de ocorrência por apologia ao crime foi registrado e o jovem deve ser ouvido nos próximos dias.

“Conseguimos identificar o jovem e ele deve ser ouvido nos próximos dias. Como incita violência, registrei um boletim de ocorrência por apologia ao crime”, afirma.

Em outras postagens feitas no Twitter, moradores escreveram “Virgílio vai vira faixa de gaza”“Sexta feira os cara vai tacar molotov”“Tava mo daora o baile ontem. Nada roubou minha brisa mas daí os home chegou né”.

Ainda segundo o delegado, as postagens estão sendo investigadas para os autores serem identificados. Eles podem responder por apologia ao crime, que pode ter uma pena de três a seis meses.

“Estamos tentando identifcar todos, principalmente os que incitam violência na sexta-feira, que tem jogo do Brasil. Esse tipo de crime pode ter uma pena de até seis meses e é levado ao Juizado Especial de Crime”, afirma.

Confusão

Torcedores promovem quebra-quebra em lojas e casas na área central de Itapetininga

Imagens feitas por moradores e enviadas para a reportagem do G1 e TV TEM mostram como estava o Centro no momento em que tudo aconteceu.

PM foi acionada para conter multidão em Itapetininga (Foto: Arquivo Pessoal)

Os comerciantes acreditam que pelo menos 20 estabelecimentos tenham sido alvo dos vândalos. Segundo eles, a ação foi praticamente a mesma em todos eles: quando não quebraram, eles entortaram as portas.

Uma pedra, por exemplo, foi encontrada dentro de uma imobiliária e o proprietário acredita que tenha sido usada para quebrar o vidro. Ele estima que o prejuízo tenha ficado em torno de R$ 3 mil.

Vândalos furtam loja de roupas na área central de Itapetininga (Foto: Reprodução/Circuito de segurança)

Vândalos furtam loja de roupas na área central de Itapetininga (Foto: Reprodução/Circuito de segurança)

Além disso, imagens de câmera de segurança, que também foram enviadas para a reportagem da TV TEM, mostram os vândalos tentando quebrar a porta de vidro de uma loja de roupas com chutes, na rua Saldanha Marinho, até que um deles consegue.

O grupo invade a loja e leva algumas peças de roupas. A ação dura poucos segundos.

De acordo com a Polícia Civil, boletins de ocorrência por vandalismo e furto foram registrados e os casos serão investigados. Quatro pessoas, entre dois adolescentes, foram detidas e levadas para a delegacia, onde prestaram depoimento. Segundo a polícia, os menores foram liberados e as outras duas pessoas vão responder por vandalismo.

Imagem: : Arquivo Pessoal

Com informações do G1

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: