Policia

Juíza estende prisão de agressor de Bolsonaro por tempo indeterminado

Redação
Escrito por: Redação
Adélio Bispo de Oliveira foi preso em flagrante e agora ficará em prisão preventiva e passará por atendimento médico

Ajuíza federal Patrícia Alencar Teixeira de Carvalho, da 2ª Vara de Juiz de Fora, converteu a prisão em flagrante do homem responsável por dar uma facada no candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, em prisão preventiva, sem prazo determinado.

De acordo com a TV Globo, a decisão foi tomada nesta sexta-feira (7) após audiência de custódia, que precisa ser feita em até 24 horas após a prisão em flagrante. Nessa audiência, o preso tem a oportunidade de se defender para tentar responder ao processo em liberdade.

+ Bolsonaro passará campanha para as redes e deixará rua para aliados

“Necessária, portanto, sua segregação cautelar, para proteger a sociedade como um todo e, até mesmo, sua própria vida, uma vez que Adélio sofreu tentativa de linchamento, que só não foi concretizada em razão da rápida e eficiente prisão e evacuação do acusado para local seguro, garantindo-se, assim, a ordem pública e aplicação da lei penal”, afirmou a juíza sobre o agressor Adélio Bispo de Oliveira.

Na decisão, a juíza afirmou que a defesa aponta insanidade mental, mas que isso deve ser informado por escrito no processo e analisado pelo juiz que for tratar do caso. Adélio Bispo terá que passar por atendimento médico, uma vez que reclamou de dores durante a audiência. Com informações do Notícias Ao Minuto.

Imagem: reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: