Fama

Léo Dias abre o jogo sobre dependência química e internações médicas

Redação
Escrito por: Redação
Em 2012, Léo se internou em uma clínica para tratar o vício. “Naquela semana, uma psiquiatra me chamou para dizer que os pacientes estavam com medo de eu publicar o que via ali, mas ainda fiquei um mês internado”, disse ele.

Em alta na telinha, o jornalista Léo Dias, 43, será capa da próxima edição da revista “Veja Rio”. Em conversa com a publicação, o apresentador do SBT abriu o jogo sobre sua vida pessoal e fez algumas revelações bem íntimas.

De acordo com o site “TV Foco”, o comentarista do programa “Fofocalizando” afirmou que já teve problemas com drogas, como a cocaína. “A cocaína já foi a minha melhor companhia”, disparou ele. “Sei que envolve um tratamento sem fim e lembro disso todo santo dia”, desabafou ele que começou a se envolver com entorpecentes no ano 2000, época e que morou na Austrália.

Leia mais:
Glória Maria dispara: ‘Sobre racismo, não há país mais hipócrita que o Brasil’
Pabllo Vittar curte folga e toma sol de fio dental

Em 2012, Léo se internou em uma clínica para tratar o vício. “Naquela semana, uma psiquiatra me chamou para dizer que os pacientes estavam com medo de eu publicar o que via ali, mas ainda fiquei um mês internado”, disse ele que teve algumas recaídas com drogas depois da alta médica. Bem humorado na entrevista, o famoso ainda garantiu que é uma pessoa vingativa. “Se finja de meu amigo, mas não seja meu inimigo. Toda bixa é vingativa”, falou o jornalista. Do Yahoo

Imagem de capa:Reprodução/SBT

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: