Futebol Brasil

Líder, Grêmio vence o Monagas e confirma classificação às oitavas

Redação
Escrito por: Redação

Atual campeão da Copa Libertadores da América, o Grêmio já está assegurado nas oitavas de final da edição deste ano do torneio continental. Na noite desta terça-feira, o time gaúcho preservou alguns titulares e, ainda assim, derrotou o Monagas por 2 a 1 na Venezuela. Ramiro marcou o primeiro gol do jogo já no segundo tempo, com um chute de fora da área. Nos acréscimos, Kannemann anotou contra e Jailson converteu pênalti para fechar a contagem.

O resultado deixou o Grêmio com 11 pontos, na liderança do grupo 1 da Libertadores e sem possibilidades de cair para a terceira posição. O segundo colocado é o Cerro Porteño, do Paraguai, que ganhou por 1 a 0 do uruguaio Defensor Sporting (4) mais cedo. O argentino Diego Churín foi o autor do gol da vitória em Montevidéu, nos acréscimos.

Tranquilo na Libertadores, o Grêmio voltará as suas atenções ao Campeonato Brasileiro no domingo, quando enfrentará o lanterna Paraná na Vila Capanema. Pelo torneio continental, receberá o Defensor Sporting na quarta-feira de 23 de maio, com a intenção de ratificar o primeiro lugar do grupo 1.

Ao eliminado Monagas, que permaneceu com 3 pontos ganhos, resta ainda um confronto com o Cerro Porteño, fora de casa, também no dia 23.

O jogo – Mesmo atuando com uma equipe alternativa, o Grêmio não abdicou do ataque na Venezuela. O time de Renato Gaúcho pecava pela falta de velocidade e sofria com as más condições do gramado, porém conseguia incomodar a defesa do Monagas vez ou outra.

Aos seis minutos, contudo, o Grêmio sofreu uma baixa. Alisson, que havia desperdiçado grande oportunidade de abrir o placar ao pegar mal na bola quase na pequena área, lesionou a coxa esquerda e precisou ser substituído por Maicosuel.

A melhor chance de gol do Grêmio no primeiro tempo ainda estava por vir, em uma jogada de bola parada. Cícero encobriu a barreira na cobrança de falta, buscando o ângulo, e acertou a trave. No rebote, Maicosuel chutou para fora.

O Monagas, sem grande nível técnico, só foi responder aos 44 minutos. Romero ficou com uma sobra de bola dentro da área, limpou a marcação de Kannemann e finalizou. Marcelo Grohe espalmou para salvar o Grêmio com uma bela defesa.

Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Com informações da Gazeta Esportiva

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: