Liverpool não descarta vender Salah; Real Madrid é ‘favorito’

Apesar de desejo dos Reds de manter o atacante, possibilidade de negociar jogador existe para evitar que ‘saia de graça’

Imagem: Reprodução

Até o presente momento, Mohamed Salah e o Liverpool ainda não se acertaram quanto à renovação do contrato do atacante egípcio. Ainda que exista o desejo pela permanência, o clube inglês já começa a admitir que existe uma possibilidade de saída do ídolo.

De acordo com informação do tabloide inglês ‘The Sun’, os Reds considerariam vender o atacante se vier uma oferta que seja vantajosa ao time. Um preço estimado ao qual o time inglês abriria conversas com interessados é o de, no mínimo, 70 milhões de euros (algo em torno de R$ 385 milhões).

E já haveria um clube sonhando em ter Salah em seu elenco: o Real Madrid. O mesmo jornal noticia que os espanhóis estariam dispostos a fazer uma proposta aos ingleses para ter o atacante. Ainda mais com o fato de não terem conseguido a contratação de Kylian Mbappé, que chegou a ser considerado reforço certo para os merengues, mas decidiu ficar no Paris Saint-Germain, em decisão que vem gerando polêmica.

A escolha pelo egípcio se dá para tentar ajustar o lado direito do setor ofensivo do Real, que não teve um nome firme na titularidade na posição mesmo com os sucessos de Vinícius Júnior e Karim Benzema que levaram a equipe aos títulos espanhol e da Liga dos Campeões.

O impasse entre Salah e Liverpool continua quanto a sua renovação de contrato. O contrato do atacante vence em junho de 2023 e o jogador poderia sair de graça a partir do começo do próximo ano caso assine um pré-contrato com qualquer outro time. Por isso, a venda poderia ser um modo de evitar não ficar sem lucrar com a negociação de um de seus astros.