Z1 Cidades

Mogi Mirim: Começa a integração no transporte público em quatro linhas

Redação
Escrito por: Redação

Após definir mudanças diante da insatisfação dos usuários, a Prefeitura de Mogi Mirim (SP) começou a aplicar o novo sistema de integração no transporte público nesta terça-feira (7). Quatro linhas – 8, 13, 14 e 17 – poderão fazer baldeação na região central e os passageiros farão uso de passagem única no intervalo de uma hora.

As linhas alteradas atendem aos itinerários correspondentes aos bairros: Jardim Planalto, Residencial Floresta, Chácaras Sol Nascente, Pirapitingui, Mato Dentro e Martim Francisco. A baldeação ocorrerá na região central, tendo o Jardim Velho como ponto mais conhecido.

Elas estarão integradas à linha 10 (Santa Úrsula/Santa Cruz), que vai para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e passa a ter horário ampliado das 19h até as 23h40, durante a semana e também aos sábados e domingos.

“O objetivo da Prefeitura é dar uma assistência a todos os usuários. Agora vamos integrar aquelas linhas que deram certo”, afirma o secretário de Transportes da cidade, José Paulo da Silva.

Ao todo são 16 linhas na cidade e o transporte público da cidade atende a cerca de 9,5 mil passageiros por dia.

Ônibus do transporte público de Mogi Mirim; sistema é operado pela empresa Fênix. (Foto: Reprodução/EPTV)

Ônibus do transporte público de Mogi Mirim; sistema é operado pela empresa Fênix. (Foto: Reprodução/EPTV)

administração municipal tentou aplicar as mudanças no mês passado, em 12 de julho, mas os usuários enfrentaram muitas dúvidas e ficaram confusos com os horários, itinerários e cobranças indevidas. APrefeitura suspendeu a integração no dia 20 de julho e a empresa Fênix, que opera o serviço, teve que apresentar um novo projeto para implementar a integração nesta terça.

Quem tiver reclamações sobre o serviço pode ligar no telefone 19 3862-7776.

Só vale para quem tem cartão

O benefício da integração vale somente com o uso de um cartão magnético e na opção por viagens que sejam uma sequência do trajeto do passageiro, e não para percursos de ida e volta. O sistema não abrange pagamentos em dinheiro.

Não há previsão de outras mudanças na integração, porque muitas linhas já cruzam a cidade, informou o secretário.

Usuários do transporte público de Mogi Mirim tiveram dúvidas para entender o sistema de integração nos ônibus. (Foto: Reprodução/EPTV)

Usuários do transporte público de Mogi Mirim tiveram dúvidas para entender o sistema de integração nos ônibus. (Foto: Reprodução/EPTV)

Com informações do G1

Imagem de capa: reprodução/EPTV

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: