Futebol Brasil

Multa baixa pressiona o Santos por “sim” para novo contrato de Pituca

Redação
Escrito por: Redação

A multa rescisória de R$ 8 milhões pressiona o Santos a dizer “sim” à contraproposta feita por Adalberto Almeida, empresário de Diego Pituca, pela renovação meia até 2023.

O valor, confirmado pelo Peixe, é baixo para um titular absoluto. O atual vínculo é até 2021, com salário de cerca de R$ 20 mil, o mesmo da chegada ao alvinegro, ainda para a equipe sub-23, no ano passado.

“A proposta é justa. Ele tem três anos de contrato, vamos esperar. É bom que ele aceite a nossa proposta original porque entre outubro e novembro faremos o planejamento para ano que vem”, disse o presidente José Carlos Peres, à Gazeta Esportiva.

O tempo de contrato (cinco anos) e as luvas pela assinatura do acordo já estão definidas. Falta “apenas” a base salarial e a diferença é pequena entre o pedido e o oferecido. Pituca tem oferta 30% maior de outro clube da Série A, mas dá prioridade ao Santos.

“Tenho contrato até 2021, presidente me procurou, deixei bem claro que quero permanecer e agora está na mão dele. Tenho contrato ainda, está tudo tranquilo”, disse Diego Pituca, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, no Pacaembu.

Contratado em 2017 junto ao Botafogo-SP para a equipe sub-23, Pituca foi promovido ao elenco profissional pelo ex-técnico Jair Ventura em janeiro. São 24 partidas na temporada e a polivalência confirmada em atuações como segundo volante (posição de origem), primeiro volante, meia e lateral-esquerdo. Com informações da Gazeta Esportiva.

Imagem:  Ivan Storti/Santos FC

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: