Esportes em Geral

Mundial de canoagem começa nesta quarta-feira em Portugal

Redação
Escrito por: Redação
Nesta quarta-fera, as atenções dos amantes da canoagem vão se voltar para a pequena cidade de Montemor-o-Velho, uma vila portuguesa no distrito de Coimbra,  com cerca de 3 mil habitantes, em Portugal, onde acontece o Campeonato Mundial de canoagem.

O time brasileiro será representado por 16 competidores, dentre eles Isaquias Queiroz, que conquistou três medalhas olímpicas na Rio 2016, despontando como principal nome do país no esporte. No entanto, para buscar o título, o baiano terá que desbancar o tcheco Martin Fuksa, dono de dois ouros em mundiais, e Sebastian Brendel, alemão que já conquistou três ouros olímpicos e oito títulos mundiais,

Prata na Rio 2016 junto de Isaquias Queiroz, Erlon de Souza é outro destaque da delegação canarinho. O canoísta disputará a C2 500m, com seu compatriota medalhista olímpico, e a C2 1000m com o jovem Maico dos Santos. Segundo lugar no VL3 em Racice (2007) e bronze na Paralimpíada de 2016, Caio Ribeiro também é esperança de medalha, junto de Luis Carlos Cardoso, ouro no VL1 e bronze no KL1 na última edição na República Tcheca, realizada no último ano.

Ao todo, a competição terá 1,5 mil atletas de 80 países. Na canoagem de velocidade, 30 categorias estarão em disputa, sendo que 12 delas fazem parte do programa olímpico do Tóquio 2020. Já na paracanoagem, seis das 12 categorias serão disputadas nas Paralimpíadas. O Mundial de Portugal ocorre dos dias 22 a 26 de agosto.

Confira os representantes brasileiros e suas provas: 

Canoa: Isaquias Queiroz (C1 1000m, C2 500m e C1 500m), Erlon de Souza (C2 500m e C2 1000m) e Maico dos Santos (C2 1000m); Valdenice Conceição (C1 200m); Andrea Santos e Ângela Silva (C2 500m).

Caiaque: Edson Isaias (K1 200m); Vagner Souta (K1 1000m); e Ana Paula Vergutz (K1 500m).

Paracanoagem: Caio Ribeiro (KL3-VL3, Debora Raiza Benevides (KL2-VL2), Fernando Rufino (KL2), Giovane Vieira (KL3), Igor Alex (VL2), Luis Carlos Cardoso (KL1-VL2) e Mari Santilli (KL3).

Imagem: Reprodução / Alexandre Loureiro/COB

Com informações da Gazeta Esportiva

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: