Futebol Internacional

Não sei se quero voltar a jogar no Brasil, diz Willian

Redação
Escrito por: Redação
Apesar de admiração pelo Timão, ele não pensar em voltar a defender nenhum time brasileiro.

Aos 30 anos e jogando no Chelsea desde 2013, o meia-atacante Willian poderia até estar pensando em um fim de carreira tranquilo jogando no Brasil. No entanto, por enquanto, não é isso que o ex-jogador do Corinthians tem em mente.

Em entrevista nesta quarta-feira ao canal FOX Sports Brasil, Willian deixou claro seu carinho pelo clube no qual começou a carreira. Ainda assim, admitiu que pode não voltar a defender um clube brasileiro até o final da carreira.

“Tenho um carinho muito grande pelo Corinthians, um clube onde eu fui revelado. Entrei no clube com nove anos de idade, tenho muitos amigos no clube, conheço muitas pessoas. Sempre fui corintiano, desde pequeno”, disse Willian. “Encerrar a carreira no Corinthians seria legal, mas não é meu pensamento de voltar ao Brasil, não sei também se quero voltar a jogar no Brasil. Estou muito bem aqui na Europa, pretendo continuar por aqui”, completou.

Apesar do distanciamento, Willian segue torcendo pelo ex-clube. E lamentou o momento do time -não apenas pela derrota nas finais da Copa do Brasil diante do Cruzeiro, como também pela situação no Campeonato Brasileiro, no qual o Corinthians (36 pontos) tem apenas cinco pontos a mais que o Ceará, primeiro time na zona de rebaixamento.

“Estou acompanhando alguns jogos do Corinthians aqui (da Inglaterra) quando dá. Torci bastante na final da Copa do Brasil, infelizmente não deu. Agora é torcer para o Corinthians ganhar os jogos que restam no final do Campeonato Brasileiro, para se afastar dessa zona (de rebaixamento) aí”, torce.

Presente nas Copas do Mundo de 2014 e 2018, o camisa 22 do Chelsea não descarta sua presença no Mundial de 2022, a ser disputado no Qatar. No torneio, o meia-atacante terá 34 anos.

“Sem dúvida, eu penso em continuar servindo à seleção, continuar vestindo a camisa da seleção. Penso em chegar à próxima Copa. Vou trabalhar forte, continuar me cuidando, treinando bem, jogando bem, para continuar nessa caminhada até a próxima Copa, se Deus quiser”, projetou.

SEMIFINAIS DA LIBERTADORES

Ao longo da entrevista, Willian ainda foi questionado a respeito da Copa Libertadores da América e dos quatro times presentes nas semifinais: Boca Juniors (Argentina), River Plate (Argentina), Grêmio e Palmeiras. E, confiante, mostrou acreditar que o campeão do torneio -independente de quem seja- poderá fazer frente ao Real Madrid em uma eventual final do Mundial de Clubes.

“É claro que o Real Madrid é um time muito forte, tem grandes jogadores, mas os times que estão na Libertadores têm muita qualidade. Só voltando um pouquinho, seria legal ver Grêmio x Palmeiras em uma final de Libertadores, dois times brasileiros. Seria uma final e tanto para o futebol. Sem dúvidas, essas equipes podem fazer grandes coisas no Mundial enfrentando o Real Madrid”, disse.

Imagem: Reprodução

Com informações da Folhapress.

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: