NBA: LeBron James e Lakers negociam extensão de contrato

Apesar de nada ter sido fechado ainda, conversas entre as partes têm sido produtivas

Crédito: Harry How/Getty Images

A última temporada do Los Angeles Lakers foi decepcionante. Recheado de medalhões (e lesões), o time sequer foi ao play­-in, terminando a Conferência Oeste na 11ª colocação, com 33 vitórias e 49 derrotas. Com poucas movimentações no elenco, LeBron James deve seguir com praticamente os mesmos companheiros da última edição da NBA.

Entrando em seu último ano de contrato com o time angelino, “The King” já pode assinar uma renovação com a franquia. Por isso, a diretoria dos Lakers não perde tempo. De acordo com o jornalista Brian Windhorst, da ESPN norte-americana, uma reunião entre ambas as partes foi realizada nesta quinta-feira (04).

Nela, o atleta e seu empresário, Rich Paul, se encontraram com o vice-presidente de operações e general manager da equipe, Rob Pelinka. Nada foi oficializado até o momento, mas o relato é que as conversas foram produtivas e as discussões sobre a extensão do vínculo seguirão. A expectativa é que LeBron assine um novo vínculo de dois anos, segundo o segundo como player option, no valor total de 97 milhões de dólares (aproximadamente R$ 503 milhões).

Dois motivos que podem levar LeBron James a não renovar

Apesar do bom andamento das negociações, existe uma possibilidade real que o craque não siga em Los Angeles ao fim de seu contrato. Isso porque, além da equipe não despontar como candidata a título, o fato de seu filho, Bronny James, provavelmente ingressar na NBAna próxima temporada pode pesar contra os Lakers. LeBron sempre manifestou sua vontade de jogar ao lado de seu filho, e isso talvez influencie sua escolha.