Palmeiras recebe “não” do Bayer por empréstimo de Alario e busca outra opção para ter atacante

Verdão ofereceu ter o atacante por um ano pagando apenas o salário integral do argentino e agora prepara nova proposta desembolsando uma quantia para o clube alemão, também.

Lucas Alario, atacante do Bayer Leverkusen Foto: Site oficial/Bayer Leverkusen

A negociação entre Palmeiras e Bayer Leverkusen por Lucas Alario teve um impasse na sexta-feira, mas ainda não chegou ao fim. O clube alemão recusou a primeira proposta alviverde, de empréstimo por um ano.

Os moldes oferecidos pelo Verdão neste caso eram: pagamento integral dos salários com empréstimo gratuito. O diretor Anderson Barros já informou aos alemães que possui outras opções de negócio e segue em busca de um denominador comum.

Neste momento, uma outra possibilidade que ganha força para fazer a negociação acontecer é ainda empréstimo, mas desembolsando um valor imediato menor ao Bayer e exercer a compra de uma parte dos direitos econômicos ao fim deste contrato, em dezembro.

O Verdão tinha obtido um avanço com o lado do jogador, que inicialmente não desejava deixar a Europa, mas agora está disposto a atuar no Palmeiras.

Só que é preciso encontrar um formato para convencer o Bayer a fazer negócio ainda neste mês, para que possa inscrever o argentino na lista do Mundial de Clubes até o dia 24.

A recusa do empréstimo, publicada inicialmente pelo Nosso Palestra, não é um ponto final nas conversas, mas atrapalha neste prazo. O Palmeiras considera que Alario é a peça que falta para a disputa do torneio em Abu Dhabi.

Até agora, o clube já anunciou as contratações de Marcelo Lomba, Murilo, Jailson, Atuesta e Rafael Navarro.