Esportes em Geral

Para Hamilton, desacreditar do título seria “sinal de fraqueza”

Redação
Escrito por: Redação

No último domingo, o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari venceu o Grande Prêmio do Canadá e assumiu a liderança do Mundial de Fórmula 1, deixando o inglês Lewis Hamilton para trás. O inglês ficou apenas em quinto lugar no prêmio.

Questionado se o carro da Mercedes nesta temporada seria capaz de brigar pelo título, o piloto foi enfático: “Eu não deixo isso entrar em minha mente, não. Esse seria o primeiro sinal de fraqueza, e minha mente não é fraca”, afirmou o inglês.

Hamilton ainda acredita que tem forças para vencer o campeonato e continuará dando o seu melhor para conquista-lo: “Eu ainda estou aqui para vencer, eu ainda acredito que podemos vencer. Tenho total confiança em meu pessoal e estou colocando essa energia para eles. Não importa onde eu comece, no grid, não olho para nenhum piloto e penso: ‘eu posso perder para essa pessoa’. Eu fico tipo: ‘como eu posso vencê-los? Como posso ser melhor? ’ E vou continuar fazendo isso até morrer”, disse o piloto.

O inglês está apenas um ponto atrás do alemão. A próxima etapa do Mundial da Fórmula 1 de 2018 está marcada para o dia 24 de junho às 11h10 (horário de Brasília), na França, no Circuito de Paul Ricard.

Imagem: Reprodução

Com informações da Gazeta Esportiva

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: