Presidente do MDB, Dr. Luiz Carlos Chiaparine e Pepo Lepinsk recebem novos filiados de Indaiatuba

Regras para filiação são determinadas pelo TSE; prazos são diferentes para pré-candidatos e cidadão comum

Divulgação/CMI

O presidente do MDB (Movimento Democrático Brasileiro) local, Dr Luiz Carlos Chiaparine, e o vice-presidente, Pepo Lepinsk, receberam esta semana novas filiações ao partido, entre elas do Guarda Civil de Indaiatuba e árbitro de futebol, Pitágoras Ferreira da Cunha, e do advogado Percival Nogueira Matos.

“É sempre uma honra receber os cidadãos de nossa cidade que se dispõem a lutar por uma sociedade mais justa e democrática, neste ato marcado por muita cidadania que é a filiação partidária”, lembrou Jorge Luís Lepinsk, vice-presidente do partido.

Pepo e o vereador Chiaparine têm recebido pessoalmente as fichas de filiação ao partido. “É um momento único, em que fazemos questão de participar”, afirma Chiaparine. Para se filiar, basta já ter completado 16 anos, ter plenos direitos políticos e ter domicilio eleitoral em Indaiatuba.


PRAZOS
A filiação para quem é pré-candidato pode acontecer até 6 meses antes da eleição, portanto, até abril. Já o cidadão comum, precisa saber que a ficha de filiados ao partido tem que ser entregue à Justiça eleitoral até 15 de abril e que, portanto, para as eleições de 2022, é preciso se filiar antes deste prazo.

“Esta é a hora da filiação e o MDB espera por todos os que desejam participar da vida política de Indaiatuba”, lembra Chiaparine. Os interessados podem procurar pela ficha de filiação junto aos vereadores do partido. “Estamos à disposição, lembrando que não é permitido perder os prazos e que, portanto, não se deve deixar para a última hora”, completa Pepo.