Saúde e Bem Estar

Quem tem facilidade para ficar com manchas roxas pelo corpo pode ter hemofilia

Redação
Escrito por: Redação

Aquelas manchas roxas na pele que teimam em aparecer e não somem rapidamente podem ser um forte indício de uma doença mais grave. Se este sintoma surgir acompanhado de inchaços e dores nas articulações ou sangramentos sem motivo, como na boca ou no nariz, existe o risco de ser um problema na coagulação do sangue conhecido como hemofilia.

Esta é uma doença hereditária, que atinge adultos e crianças, em especial do sexo masculino. A mutação genética que causa essa enfermidade fica no cromossomo X: ou seja, embora seja raro as mulheres desenvolverem a doença, elas são portadoras desta deficiência.

O que é a hemofilia?

A hemofilia é caracterizada como um distúrbio na coagulação do sangue: ao extrair um dente ou fazer um corte, o indivíduo portador desta doença sangra mais que o normal. Isso porque o organismo destas pessoas não possui as proteínas responsáveis pela regeneração dos tecidos que agem no estancamento do sangue.

Trocando em miúdos, essa contenção não funciona como deveria e o sangramento continua. Esta situação acontece graças a um trauma ou espontaneamente, especialmente nas mucosas.

Hemofilia tem cura?

Por meio de exames de sangue, o médico hematologista consegue diagnosticar com precisão a doença, avaliando se existem deficiências nos fatores de coagulação sanguínea. Se a mãe ou pai são portadores deste distúrbio, o especialista irá fazer um acompanhamento especial antes do bebê nascer.

Por ser uma doença genética, a hemofilia não tem cura. Mas os portadores podem ter uma boa qualidade de vida e realizar todas as atividades cotidianas com o tratamento adequado, que inclui a reposição do fator de coagulação deficiente por meio de injeções periódicas, que inibem as hemorragias.

Imagem de capa;
NADEZHDA NOVIKOVA/SHUTTERSTOCK

 

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: