Futebol Internacional

‘Reféns’ da Conmebol, Santos e Independiente se enfrentam no Pacaembu

Redação
Escrito por: Redação

Santos recebe o Independiente-ARG na noite desta terça-feira, às 19h30 (de Brasília), no Pacaembu, em busca de uma vaga nas quartas de final da Libertadores da América. E as equipes ainda não sabem qual é o resultado suficiente para avançar.

A Conmebol adiou a definição do caso de Carlos Sánchez e o veredito deve sair na manhã desta terça. Se o empate em 0 a 0 de Avellaneda for mantido, o Peixe precisará de vitória simples. Em caso de punição, o alvinegro será declarado derrotado por 3 a 0 na ida e necessitará de quatro gols de diferença ou de novo 3 a 0 em busca dos pênaltis. Vale lembrar que as equipes podem recorrer da decisão na confederação sul-americana ou até na FIFA.

A Conmebol investiga uma suposta escalação irregular de Sánchez na Argentina. O uruguaio foi expulso na Libertadores de 2015, pelo River Plate. Ele agrediu a um gandula e foi suspenso por três partidas. No ano seguinte, a Conmebol reduziu todas as penas pela metade. E, mesmo com um jogo a cumprir, o meio-campista apareceu como liberado em sistema digital, o Comet.

Se o Santos for punido, Carlos Sánchez poderá atuar. No caso da absolvição, é possível que o uruguaio tenha que cumprir essa partida de punição. Renato está de sobreaviso para a possível ausência do reforço para o segundo semestre.

Dodô, expulso em Avellaneda, é desfalque certo para o técnico Cuca. Gustavo Henrique, após 15 pontos no supercílio durante a vitória por 2 a 0 sobre o Bahia, no último sábado, é dúvida. Robson Bambu é a alternativa.

No Independiente, o técnico Ariel Holan conta com os retornos de Franco e Figal, depois de cumprirem suspensão, e Romero e Benítez recuperados de lesões musculares.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X INDEPENDIENTE

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 28 de agosto de 2018 (terça-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Julio Bascuñan (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza e Claudio Rios (CHI)

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique (Robson Bambu) e Diego Pituca; Alison, Carlos Sánchez (Renato) e Rodrygo; Derlis González, Bruno Henrique e Gabigol
Técnico: Cuca

INDEPENDIENTE: Campaña; Bustos, Franco, Figal e Sánchez Miño; Francisco Silva e Pablo Hernández; Silvio Romero, Meza e Benítez; Gigliotti
Técnico: Ariel Holan

Com informações da Gazeta Esportiva

Imagem: Fernando Dantas/Gazeta Press

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: