Matheus Tocachelo Saúde

Saiba quais os benefícios dos exercícios multiarticulares no treinamento físico

Matheus Tocachelo
Escrito por: Matheus Tocachelo

Por Matheus Tocachelo – O corpo humano adulto tem em média 206 ossos, e as junções desses ossos formam em média 230 articulações, que são responsáveis por movimentar o corpo, podendo realizar movimentos básicos do dia a dia como caminhar, sentar, levantar, saltar, levar alimentos até a boca e até mesmo na mastigação, enfim sem as articulações dificilmente conseguiríamos sobreviver.

Na prática da atividade física não é diferente, as articulações são as responsáveis por realizar os exercícios físicos com perfeição, existem dois tipos de exercícios os monoarticulares que utilizam apenas uma articulação para realizar o movimento como as roscas para o bíceps, elevação lateral e frontal para os deltoides, puley ou testa para o tríceps, cadeira extensora para o quadríceps femural e cadeira flexora para os isquiotibiais e os multiarticulares que combinam duas ou mais articulações para a realização do movimento tornando os resultados bem mais eficientes, pois conseguem trabalhar mais grupos musculares ao mesmo tempo, economizando tempo e energia na execução do treino.

Os exercícios multiarticulares além de serem mais eficientes, exigem mais coordenação motora na realização dos movimentos, necessitando mais atenção na realização dos exercícios. Os multiarticulares estão muito presentes na prática do treinamento funcional e no Crossfit, exatamente por ser mais eficientes e recrutar mais a musculatura na execução dos movimentos, todos eles o Core ( centro do corpo, envolve articulações e músculos da altura da cintura escapular até o meio das coxas, na porção anterior e posterior do corpo) é o responsável pela estabilidade na hora da execução dos movimentos, quanto mais articulações envolvidas no movimento mais eficiente é o exercício, alguns exemplos de exercícios multiarticulares são as flexões de braço, puxadas na barra fixa, agachamento com todas as suas variações e o LPO ( levantamento de peso olímpico) esses para os praticantes de Crossfit os movimentos mais amados, porém são os mais complexos, pois exigem coordenação de movimento, força, estabilidade, agilidade e potência muscular, esse tipo de exercício para quem não conhece consiste em tirar a barra do e levantar acima da cabeça, com duas variações em um movimento direito conhecido como Snatch, ou em dois tempos no primeiro a barra sai do chão até os ombros chamado clean e em um segundo movimento lançado dos ombros acima da cabeça chamado de jerk.

O Snatch e o clean & jerk são os movimentos com mais ação de músculos, tornando os movimentos bem complexos, dificilmente uma pessoa que nunca realizou esses movimentos consegue executar com perfeição na primeira aula, exigindo muita prática com alguns educativos dos movimentos, que auxiliam na perfeita execução do movimento.

Sempre procure um profissional de educação física com experiência nesses movimentos para auxiliar você na prática, pois na mesma proporção que esses movimentos são eficazes para o desenvolvimento muscular, se realizados corretamente são prejudiciais principalmente para as articulações se realizados de forma errada, podendo resultar em tendinite, bursite ou até ruptura de ligamentos articulares.

Imagens: Reprodução

Sobre o autor

Matheus Tocachelo

Matheus Tocachelo

Formado em educação física pela CEUNSP, pós Graduando em biomecânica e avaliação física aplicada ao treinamento físico ( Estácio de Sá) , Head Coach Box alternativa

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: