Indaiatuba

São Paulo vai suspender cobrança de eixo suspenso nos pedágios

Redação
Escrito por: Redação

O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), afirmou neste sábado, 26, que irá suspender a cobrança de pedágio por eixo suspenso a partir da próxima terça-feira (29) caso os caminhoneiros cumpram a promessa de desobstruir totalmente a Régis Bittencourt e o Rodoanel. França informou que a medida custará em torno de R$ 50 milhões por mês e garantiu que as concessionárias rodoviárias serão compensadas.

“Eu conversei com o presidente Temer para que o governo federal possa compensar isso em São Paulo (…) A partir de agora vamos chamar as empresas, entre hoje e amanhã, para conversar com elas e produzir essa compensação”, disse.

Questionado sobre a escassez de recursos públicos federais para fazer frente a essa restituição, o governador declarou que, quando há “vontade política”, sempre se arranja um jeito de encontrar o dinheiro. “Tenho a garantia da palavra, o governo federal deu a palavra”, concluiu.

O governador de São Paulo disse ainda que haverá uma nova reunião na noite deste sábado com o governo federal para encontrar soluções que estendam, em algum grau, os efeitos das medidas temporárias. O ministro Carlos Marun confirmou a reunião e já está na base aérea de Brasília para decolar para São Paulo.

Outras medidas foram anunciadas pelo governo do Estado de São Paulo no final desta tarde, como a fiscalização da aplicação do desconto de 10% sobre o preço final do diesel, o aumento da participação de representantes dos autônomos na Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), a eventual diferenciação de preços do IPVA para autônomos pessoas físicas em 2019 e a suspensão de multas por infração de trânsito derivadas da paralisação. Do A Ciadade On

Imagem de capa:Reprodução

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: