Z1 Cidades

Saúde de Limeira confirma primeira morte por febre maculosa; vítima é criança de 4 anos

Redação
Escrito por: Redação
Menino morava no bairro Santa Eulália, mas caso é considerado importado, pela possibilidade de contaminação em outra cidade.

A Secretaria de Saúde confirmou o primeiro caso de morte por febre maculosa em Limeira (SP). A vítima é um menino de quatro anos que morreu no dia 20 de maio. Ele morava no bairro Santa Eulália, que não é considerado de risco, segundo a Saúde do município.

O exame confirmando a causa de morte é do dia 20 de junho, mas a Saúde só comunicou o resultado nesta terça-feira (3). Segundo a investigação epidemiológica, o pai da criança costumava pescar em locais que ficam em áreas de risco, inclusive Americana (SP), que já registrou sete casos de morte pela doença. Além disso, há relatos da presença de carrapatos na casa do menino, e por isso, o caso foi considerado importado.

Ainda de acordo com a Saúde do município, Limeira teve 12 notificações de casos de febre maculosa este ano; desses, um se confirmou agora com a morte do menino e quatro ainda aguardam o resultado do exame. O restante foi descartado.

A Prefeitura de Limeira informou que toma várias medidas durante o ano inteiro para evitar casos da doença, como alertas nas áreas de risco (como lagos, riachos, rios, e onde tem a presença de capivaras); capacitação da rede pública e privada de assistência à saúde para diagnóstico diferencial e início imediato do tratamento para evitar complicações; informação à população por meio de folders e mídias digitais; e manutenção e reforço das medidas já tomadas.

A administração municipal disse ainda que “o bairro não se encontra em uma área de risco, já que o caso foi uma contaminação cruzada, como explicado […].Por tal investigação o caso foi fechado como “importado”. Segundo a Vigilância em Saúde, os outros membros da família estão saudáveis”.

Outras cidades

Entre as três maiores cidades da região, além de Limeira, Santa Bárbara d’Oeste (SP) também dois casos confirmados de febre maculosa este ano, um deles de morte. A vítima era um homem de 38 anos que morreu no dia 7 de junho, segundo a Saúde do município.

A cidade tem 16 notificações da doença, sendo que seis já foram descartadas e oito ainda aguardam o resultado do exame.

“Os setores de Vigilância Epidemiológica e Centro de Controle de Zoonoses realizam periodicamente um mapeamento para identificação das áreas de risco e áreas de transmissão da doença. Todas as áreas de risco e áreas de transmissão no município possuem placas de identificação com alertas para a população sobre os locais com a presença de carrapato-estrela (transmissor da doença)”, diz a nota da Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste.

Já a Prefeitura de Piracicaba (SP) informou que a cidade teve um caso confirmado de febre maculosa este ano que evoluiu para cura. A Saúde não deu detalhes sobre a vítima e informações de casos suspeitos notificados.

Imagem:  CDC/ Dr. Christopher Paddock/ James Gathany

Com informações do G1

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: