Justiça

Sete policiais são indiciados pelo sumiço de 36 armas em quartel da PM

Redação
Escrito por: Redação
Apenas sete armas foram recuperadas.

Sete policiais foram indiciados pela Polícia Militar pelo sumiço de armas da Reserva de Material Bélico (Rumb) do Quartel General da corporação, no Centro do Rio, em 2016. Os agentes vão responder pelos crimes militares de extravio de armas, na modalidade culposa, e inobservância de lei, regulamento ou instrução.

Na época, todos os policiais integravam a Ajudância Geral, órgão responsável pela manutenção do QG. A conclusão da investigação foi publicada no boletim interno da corporação, como observou o ‘Extra’.

A investigação foi aberta em maio de 2016, após o desaparecimento de 36 armas. Destas, ao menos sete foram recuperadas. As demais — 23 pistolas, cinco revólveres e uma carabina — nunca mais foram vistas.

Os agentes indiciados são: subtenente reformado Luís Antônio Ferreira, os sargentos Vagner Sebastião da Silva Passos, do 6º BPM (Tijuca), Claudemir de Oliveira Silva, do 18º BPM (Jacarepaguá), Marcelo André Câmara Cavichio, do 21º BPM (São João de Meriti), Robson Ferreira da Cunha, do 27º BPM (Santa Cruz) e os cabos Rafael Arantes Lage, da Ajudância geral e Adriano Matos Lemos, da Diretoria Geral de Pessoal.

Procurada pelo site, a PM preferiu não se pronunciar.

Agora, cada um dos sete policiais indiciados terá de providenciar “a restituição aos reais proprietários os valores de suas armas extraviadas”.

Imagem: Reprodução

Com informações do Notícias ao Minuto

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: