Z1 Cidades

Sorocaba: Cristian Cravinhos alega que policiais pediram dinheiro para não prendê-lo

Redação
Escrito por: Redação

Cristian Cravinhos, condenado pelo caso Richthofen, foi ouvido na 2º Vara Criminal de Sorocaba, nesta segunda-feira (6), sobre a confusão em um bar da cidade, em abril, que terminou com a volta dele às grades. Ele é suspeito de tentar subornar policiais para não ser preso quando foi abordado, na ocasião, com munição.

A sessão com a juíza Margarete Pellizari começou por volta das 15h e terminou às 17h30, por conta de um defeito no áudio da sessão. Além do réu, outras quatro testemunhas de defesa, donas do estabelecimento onde tudo teria ocorrido, prestaram depoimento.

Segundo o advogado de Cristian, Ivan Peterson, o cliente afirmou inocência sobre a suposta tentativa de suborno.

“Ele não ofereceu a moto e muito menos dinheiro aos policiais. Isso é mentira. Eles [policiais] que pediram ao Cristian que ‘queriam conversar”, diz.

A audiência foi realizada com as portas fechadas e deve ter a sentença divulgada após o parecer do Ministério Público.

O réu já foi absolvido pelo porte de munição de uso restrito. Se também for inocentado pelo suborno, a defesa diz que irá entrar com um pedido para ele retornar ao regime aberto que havia perdido. Ao fim da audiência, o réu foi novamente levado para Tremembé. Com informações do G1

Imagem de capa;reprodução/Grupo Notícias Interior

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: