Policia

Suspeito de esfaquear Bolsonaro está preso e foi filiado ao PSOL

Redação
Escrito por: Redação
Bolsonaro estava na cidade de Juiz de Fora, sendo carregado nos ombros por apoiadores quando recebeu a facada

Polícia Militar divulgou que o suspeito de atacar com facas o candidato a Presidência da República Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (06) foi identificado, confessou o crime e está detido. Ele é Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos. A polícia ainda revelou que Oliveira foi espancado e está muito machucado.

Bolsonaro estava na cidade de Juiz de Fora, sendo carregado nos ombros por apoiadores quando recebeu a facada. Em seguida, foi logo retirado do local e levado ao hospital.

A assessoria do candidato informou que a faca atingiu o fígado e que Bolsonaro está passando por uma cirurgia.

De acordo com a Ansa, o agressor costumava postar no Facebook diversas mensagens com críticas ao candidato. Ele ainda teria participado de manifestações contra o presidente Michel Temer e pela liberação Luiz Inácio Lula da Silva.

A revista Veja apurou que Oliveira foi filiado ao PSOL de Uberaba (MG), entre os anos de 2007 e 2014. O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, disse que não tem conhecimento sobre a filiação e vai se inteirar do assunto. Com informações do Notícias Ao minuto

Imagem: Divulgação/Polícia Militar

Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: